Camilo fez primeira coletiva presencial em meses para anunciar apoio a Sarto no 2º turno (Foto: REPRODUÇÃO/FACEBOOK)
Camilo fez primeira coletiva presencial em meses para anunciar apoio a Sarto no 2º turno (Foto: REPRODUÇÃO/FACEBOOK)

O governador Camilo Santana (PT) anunciou em entrevista coletiva o apoio a José Sarto (PDT) no segundo turno da eleição para a Prefeitura de Fortaleza. "Nós não podemos admitir que a política que fortalece e explora a violência unicamente com objetivos pessoais possa sobressair neste segundo turno", afirmou.

Ele pediu aos demais candidatos e partidos que disputaram o primeiro turno que apoiem Sarto. "O que está em jogo é a defesa da nossa capital cearense", afirmou. Camilo disse que conversará com a candidata do PT, Luizianne Lins (PT). Questionado pelo O POVO, ele não quis comentar o tom da campanha de Sarto em relação à candidata petista.

Ele repetiu na coletiva que Sarto é o candidato que representa o projeto que está em curso no Ceará e disse que Sarto esteve ao lado dele em momentos como o enfrentamento à onda de ataques de facções criminosas, o motim policial - cujo envolvimento de Capitão Wagner (Pros) Camilo tem repetido - e na pandemia de coronavírus. 


O governador, sem citar o nome do adversário, bateu forte na candidatura de Capitão Wagner (Pros). Ele afirmou que não pode ficar calado diante do "candidato do Bolsonaro", que representa, segundo ele, a intolerância, o ódio, "o que há pior na política." 

Sarto, conforme ele disse, representa a tolerância e a democracia.

Com informações de Carlos Holanda 

( O povo) 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib