Importante espaço turístico da cidade de Fortaleza, a Praça Luíza Távora recebeu o reforço na segurança. Na manhã desta sexta-feira (30) o governador Camilo Santana entregou a nova base do Batalhão de Policiamento de Turismo (BPTur) que funcionará 24 horas no local. Na 3ª Companhia os moradores, frequentadores e turistas da região contam com o apoio do efetivo composto por 165 policiais, que realizará registro de ocorrências com atendimento bilíngue.

“Sei que segurança é um desafio que não se melhora apenas com discurso fácil, é preciso de ações práticas”, disse o governador Camilo Santana ressaltando medidas preventivas com ocupação de espaços públicos e oferta de escolas em tempo integral. No Estado do Ceará não existiam unidades regulares de tempo integral e hoje são 40% nesse formato, com jovens passando o dia na escola, fazendo atividades físicas. Areninhas já são 170 em todo o território cearense e 62 apenas em Fortaleza. Essas últimas, construídas através do Programa Juntos por Fortaleza.

Outra estratégia adotada pelo Governo do Ceará para a redução da violência consiste no trabalho da Polícia, com investigação e mais policiais nas ruas. “Só no meu Governo foram 10 mil contratados tanto na Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Também é importante trabalhar com inteligência e tecnologia. Hoje, são mais de 2.500 câmeras conectadas só em Fortaleza. Temos o Spia (Sistema Policial Indicativo de Abordagem), sistema mais moderno no Brasil de monitoramento. Conseguimos apreender veículos sete minutos depois que entram no sistema”, relatou o governador. “Sei que o desafio é grande, mas não temos medido esforços e feito investimentos importantes para garantir a tranquilidade e segurança da população no Estado do Ceará".

A nova base será uma das sedes de videomonitoramento da cidade. Atualmente, o sistema está implantado em 45 municípios, sendo 2.543 câmeras instaladas em Fortaleza e outras 761 no interior totalizando 3.304. Em cada uma das 10 Áreas Integradas de Segurança (AIS) de Fortaleza, existe uma central semelhante à que foi inaugurada nesta manhã.

O prefeito Roberto Cláudio participou da entrega da Base. O gestor municipal reconheceu o trabalho feito pelo Governo do Ceará na área da Segurança e também apontou que a violência é problema internacional. “Não há um centro urbano no mundo que não tenha esse desafio. No Brasil todas as grandes cidades têm na segurança o grande desafio. Aqui ele foi encarado com firmeza, boa gestão, decisão e, principalmente com investimentos em tecnologia, novos equipamentos, pessoal e tornando esse assunto prioridade”, avaliou o prefeito de Fortaleza, justificando que por isso indicadores e o reconhecimento da população mostram avanços.

De acordo com Roberto Cláudio a qualidade de vida dos moradores de uma cidade depende muito de investimentos na Segurança Pública. “As pessoas saberem que contam com efetivo maior de policiais militares bem treinados, que tem câmeras de videomonitoramento, ações mais orquestradas e organizadas de segurança, dá certamente mais tranquilidade”, observou, acrescentando que, assim como o Estado aumentou o número de policiais, a Prefeitura também ampliou o efetivo da Guarda Municipal. “E juntos com o Governo do Estado lançamos um programa municipal de proteção urbana para agirmos de forma mais integrada nos territórios de maior violência. A Guarda tem papel preventivo, de cidadania e quando somamos os esforços conseguimos dar maior resposta ao problema”.

Nova Loja CeArt

Além do equipamento, a Praça Luíza Távora receberá em breve um novo espaço para os artesãos com a reforma da loja da Central de Artesanato do Ceará (CeArt). A obra, que totaliza um investimento de R $2,4 milhões, inclui novas instalações hidrossanitárias, troca de pisos e telhados, climatização da loja e modernização de layout. O investimento na reforma da loja tem o objetivo de gerar maior volume de vendas para os nossos artesãos contribuindo para a renda de milhares de famílias cearenses.

Participaram da entrega a secretária da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Socorro França, e o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib