Durante ação realizada no Interior do Estado, uma equipe do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA), da Polícia Militar do Ceará (PMCE), realizou as prisões de dois homens com duas armas de fogo. As capturas ocorreram na terça-feira (6), no bairro Limoeiro, em Juazeiro do Norte, na Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) do Estado. Ambos são suspeitos de um roubo ocorrido na região.

A equipe patrulhava pelo bairro, quando foi abordada por um grupo de jovens, vítimas do roubo. Segundo as pessoas, dois homens armados haviam levado seus aparelhos celulares. De posse das informações sobre as características dos suspeitos, os PMs realizaram diligências em todo o entorno e localizaram a dupla.

Ao perceber a presença da viatura, um dos indivíduos jogou uma arma de fogo no chão e tentou fugir, mas os militares obtiveram êxito e alcançaram os dois. Além do revólver calibre .32 com seis munições, que foi descartado, um revólver calibre .38, também com seis munições, estava na cintura do outro indivíduo e foi apreendido. Indagada sobre os telefones roubados, a dupla negou o fato. Conforme os suspeitos, eles estavam armados, pois sofriam ameaças de inimigos.

Diante da situação, Francisco Wesley Alves Silva (22), com passagens por associação criminosa e roubo; e Jonas Vieira Gonçalves (24), com passagens por roubo, corrupção de menores e por posse de drogas, foram conduzidos até a Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, onde foram autuados por porte ilegal de arma de fogo. As vítimas também foram orientadas a comparecer à unidade policial para prestar seus depoimentos. A Polícia Civil investiga o envolvimento da dupla no roubo em questão.

Outro caso

Na manhã do mesmo dia, a composição policial recebeu uma denúncia sobre um homem que teria uma arma de fogo e seria caçador de animais silvestres. Com as informações recebidas, os militares foram até o endereço indicado para verificar a veracidade da informação. Chegando ao local, a equipe visualizou um celeiro, e nele encontraram peles e patas de animais abatidos. O proprietário foi indagado sobre o material, mas negou ter abatido os animais. Ele também foi questionado sobre a arma de fogo e falou que não tinha nenhuma arma. Com autorização dele, a equipe fez buscas no interior do imóvel, onde foi encontrada uma espingarda.

Diante dos fatos, o suspeito, que não tinha antecedentes criminais, foi conduzido até a Delegacia Municipal de Caririaçu da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). Ele foi ouvido e autuado por posse irregular de arma de fogo. Após o pagamento da fiança, ele foi liberado e responderá pelo crime em liberdade. 

SSP CE 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib