Uma investigação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Regional de Icó, resultou no cumprimento de um mandado de prisão temporária em desfavor de um indivíduo suspeito de estupro de vulnerável contra uma criança de sete anos. A prisão ocorreu nesta quinta-feira (10), em Icó, cidade pertencente à Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21) do Estado.




                                                Suspeito de cometer estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil em Icó


As investigações iniciaram logo após um Boletim de Ocorrência (BO) sobre o fato ser registrado na unidade policial. De acordo com os levantamentos, o crime contra o menino teria ocorrido no último dia 31 de agosto. Com o final das apurações, o suspeito, que é conhecido da família, foi identificado. Um mandado de prisão contra ele foi representado junto ao Poder Judiciário da região, que deferiu o pedido.

Na manhã de hoje (10), o indivíduo foi localizado no bairro Centro. Após a captura, ele foi encaminhado para a unidade policial. A Polícia Civil segue investigando o envolvimento dele em outros crimes da mesma natureza na cidade.

O que diz a lei?

O estupro de vulnerável, previsto no artigo 217-A do Código Penal, consiste em ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos. A pena prevista é de reclusão, de 8 a 15 anos.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que ajudem na elucidação de atos criminosos registrados na região. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 3561-5551 e 3561-5560, da Delegacia Regional de Icó. O sigilo é garantido.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib