Moradores da comunidade do Recreio, próxima ao distrito de Rafael Arruda/Sobral, reclamam da falta de água em suas casas. O problema decorre pela falta de planejamento da Prefeitura de Sobral, que não assume a gerência e distribuição da água distribuídas para as residenciais locais.

Segundo as informações enviadas por moradores, a comunidade não é abastecida pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sobral (SAAE) e nem mesmo pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), ficando a sorte da gerência e distribuição de água por conta de um arranjo local, que vez por outra tem que fazer racionamento do líquido, devido os poços profundos utilizados para captar a água para o abastecimento, não suportar a vazão necessária.

O problema agrava nos fins de semana, quando a comunidade recebe os familiares que moram e trabalham na sede de Sobral, e passam os fins de semana na comunidade. Com isso, a populações é obrigada a recorrer a comunidades vizinhas para buscar ou comprar baldes de água utilizada para o consumo e banho para amenizar o calor do B-r-o bró e reforçar os cuidados de higiene da pandemia do coronavírus.

Sobral 24 hs 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib