Uma parceria entre o Judiciário cearense e o Centro Universitário Vale do Salgado (UniVS) possibilita a alfabetização de presos na Comarca de Icó. Na última quinta-feira (17/09), foram iniciadas as aulas do projeto Dicel (Direito e Cidadania por meio da Escrita e Leitura), ministradas por alunos do Curso de Direito da UniVS.

Segundo o juiz Ramon Cruz, autor do projeto, a iniciativa surgiu em uma das aulas do curso de Mestrado. “O projeto foi aprovado, mas acabou tendo o início adiado por conta da pandemia. Eu procurei o Centro Universitário Vale do Salgado e surgiu o interesse de alguns alunos que já tinham conhecimento em alfabetização de adultos. Então, nós entramos em contato com o diretor da cadeia local e, com o apoio dele, conseguimos que fosse feita uma reforma lá para construção da sala de estudos”, destaca o magistrado, titular da 2ª Vara de Icó.

O juiz explica que “o envolvimento do Judiciário nessas parcerias demonstra à sociedade que nós nos importamos e que ela pode contar sempre conosco para garantir os seus direitos. A educação é parte essencial do processo de ressocialização, pois proporciona um aumento de possibilidades de emprego, além de ser instrumento que fortalece o exercício da própria cidadania.”

Os próprios detentos trabalharam na reforma da sala de estudos, que fica na própria cadeia. Ainda de acordo com o magistrado, nove presos analfabetos estão participando do projeto inicialmente, e terão aulas duas vezes por semana com os alunos da Universidade. “Depois, a tendência do projeto é que ele cresça e a gente chegue a outros níveis de ensino”, avalia. 


TJCE 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib