Ainda durante a Operação Fygás, os policiais civis cumpriram seis mandados de prisão em unidades do sistema prisional


Um total de 16 mandados de prisão cumpridos e duas pessoas presas em flagrante. Esse foi o balanço da operação “Fygás”, que significa foragido em grego. A ofensiva ocorrida durante todo o dia dessa terça-feira (15) foi coordenada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio do Departamento de Polícia Judiciária da Capital (DPJC), com equipes da Dissuasão Focada e dos 25 Distritos Policiais.

As informações sobre a ação foram divulgadas em coletiva de imprensa realizada na sede da Delegacia Geral, no Centro da Capital, nesta quarta-feira (16), com a presença do delegado geral da PCCE, Marcus Rattacaso; e o diretor do DPJC, Danilo Rafanele. “Essa operação teve como missão e objetivo precípuo o cumprimento de mandados de prisão, a checagem de denúncias que nos chegam através do Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social e também, o que é mais importante, o levantamento de informações que possibilitem novas operações”, iniciou o delegado geral, Marcus Rattacaso.

As decisões judiciais cumpridas pelos investigadores consistem em representações feitas pela Polícia Civil junto ao Poder Judiciário por crimes como homicídios consumados e tentados, tráfico de drogas, roubo, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, integrar grupo criminoso, corrupção de menor, estupro e estupro de vulnerável. Todos oriundos de decisões definitivas e de prisão preventiva. Do total, 10 mandados foram cumpridos em campo e seis foram cumpridos dentro de unidades do sistema prisional, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Durante as diligências, duas pessoas foram presas em flagrante nos bairros Granja Portugal e Jangurussu (AIS 2 e 3, respectivamente). A soma dos dois materiais totalizou pouco mais de 1,6 quilos de maconha, 25 papelotes de cocaína, duas pedras de crack, uma balança de precisão, celulares, dinheiro e materiais utilizados para embalar entorpecentes.

“Na data de ontem, iniciamos às 8 horas da manhã. E essa operação especificamente possui uma peculiaridade que ela perdura ao longo de todo o dia, justamente por esse viés de busca de informações que fazemos concomitantemente ao cumprimento dos mandados. Separamos situações específicas, dentre essas, nós buscamos intensificar o levantamento de indícios que subsidiarão as demais ações”, explica o diretor do DPJC, Danilo Rafanele.

A “Fygás” integra a gama de operações realizadas pelo DPJC da Polícia Civil do Estado do Ceará, que tem como foco as 10 Áreas Integradas de Segurança de Fortaleza. A soma de presos na operação de hoje e em outras três deflagradas anteriormente já contabiliza mais de 100 pessoas presas


SSPCE 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib