André Costa é exonerado de cargo de secretário da Segurança do Ceará. — Foto: José Leomar/ SVM



André Costa é exonerado de cargo de secretário da Segurança do Ceará

O Diário Oficial do Estado trouxe em sua edição extra, publicada nesta segunda-feira (07), a exoneração do delegado federal André Costa da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). A publicação também registra a nomeação do novo gestor da pasta, Sandro Luciano Caron de Moraes, de 45 anos, que também é delegado federal.

André Costa deixa Secretaria da Segurança do Ceará - A saída de André Costa foi anunciada pelo governador Camilo Santana na última quinta-feira (3), através de uma rede social. "Comunico aos cearenses mudança no comando da nossa Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social. O secretário André Costa deixa o cargo após três anos e oito meses, a pedido", afirmou Camilo Santana. Na ocasião, o governador também agradeceu ao trabalho feito por André no Estado.
André Costa também chegou a se manifestar no dia do anúncio da saída da pasta e afirmou que estava deixando o cargo por questões familiares.
"Agradeço a minha família por todo esse tempo ser âncora para meus pés e sustento em dias difíceis. Deus, obrigado por me sustentar e guiar meus passos. Estou saindo a pedido por questões familiares. Agradeço ao governador Camilo Santana pela oportunidade, confiança, liderança e amizade. Desejo sorte e muito sucesso ao colega Delegado Sandro Caron. Que a segurança pública do Estado do Ceará siga avançando. Forte Abraço a todos e todas", disse André em uma rede social.


Ex-superintendente da Polícia Federal no Rio Grande do Sul, delegado Sandro Caron assume Secretaria da Segurança do Ceará. — Foto: Rafaella Fraga/ G1

Ex-superintendente da Polícia Federal no Rio Grande do Sul, delegado Sandro Caron assume Secretaria da Segurança do Ceará

No mesmo dia, Camilo Santana anunciou que o cargo seria ocupado por outro policial federal, Sandro Caron, que já foi superintendente da PF no Ceará e no Rio Grande do Sul.
Sandro Caron já comandou a Divisão Nacional de Inteligência Policial (DIP) e foi funcionário diplomático da Polícia Federal na Embaixada do Brasil, em Lisboa.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib