O presidente do Núcleo do Sindicato Apeoc de Tauá, profº Auci Oliveira encaminhou ofícios às autoridades competentes defendendo o não retorno as aulas presenciais nas escolas da rede municipal de ensino durante o período da pandemia do coronavírus.

Cópias do documento foram encaminhadas ao Ministéro Público, Câmara Municipal, Secretaria de Educação e Gabinete do Prefeito, salientando que "sem a contenção do vírus e sem a definição clara de estratégia segura de garantia de saúde e práticas sanitárias, sem que haja a responsabilidade concreta do Governo na qualificação dos espaços físicos das escolas com financiamento e continuidade, não há como se pensar em retorno as atividades presenciais", diz trecho do Ofício.

A posição da Apeoc foi adotada diante da criação e instituição do Comitê Municipal de elaboração, implementação, acompanhamento e monitoramento das ações do plano de retomada das aulas presenciais.

Segundo o documento assinado pelo prefeito Fred Rêgo e publicado no Diário Oficial do Município, caberá ao comitê, formado por 23 segmentos ligados as áreas de educação, assistência social e saúde, discutir as estratégias para o retorno das aulas nas escolas da rede municipal.

O Ministério Público de Tauá também integra o comitê.

Veja o Ofício do Sindicato Apeoc de Tauá

 

Wilrismar Holanda 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib