governador do Estado do Ceará, Camilo Santana, em transmissão ao vivo em suas redes sociais. O gestor estadual destaque que a nova delegacia tem o objetivo de atuar exclusivamente no combate a crimes realizados pela internet.

                                




                                 





 “É mais uma iniciativa importantíssima para o combate ao crime[ …] [combate] a todas as ações que hoje o mundo moderno, de conectividade tem causado transtornos à sociedade”, afirmou o governador.

Também estiveram presentes ao lado do governador o secretário da Segurança Pública, Sandro Caron, e o delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Rattacaso. Caron destacou que os crimes cibernéticos são mais complexos que outros delitos e por isso exigem uma maior especialização por parte dos órgãos de segurança pública do estado para investigar e solucionar esses casos.

Também presente na live, o delegado Rattacaso, apontou que mesmo com os avanços trazidos pela internet para a vida dos cidadãos, a ampliação do acesso a este meio de comunicação apresenta um lado negativo, pois pessoas mal intencionadas utilizam esse meio para realizar crimes, se escondendo por trás das telas.






A lei que cria a Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC) foi sancionada nesta sexta-feira (25) pelo governador do Estado do Ceará, Camilo Santana, em transmissão ao vivo em suas redes sociais. O gestor estadual destaque que a nova delegacia tem o objetivo de atuar exclusivamente no combate a crimes realizados pela internet.


 “É mais uma iniciativa importantíssima para o combate ao crime[ …] [combate] a todas as ações que hoje o mundo moderno, de conectividade tem causado transtornos à sociedade”, afirmou o governador.

Também estiveram presentes ao lado do governador o secretário da Segurança Pública, Sandro Caron, e o delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Rattacaso. Caron destacou que os crimes cibernéticos são mais complexos que outros delitos e por isso exigem uma maior especialização por parte dos órgãos de segurança pública do estado para investigar e solucionar esses casos.

Também presente na live, o delegado Rattacaso, apontou que mesmo com os avanços trazidos pela internet para a vida dos cidadãos, a ampliação do acesso a este meio de comunicação apresenta um lado negativo, pois pessoas mal intencionadas utilizam esse meio para realizar crimes, se escondendo por trás das telas.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib