As obras do lote 3 do Cinturão das Águas do Ceará, que passa pelos municípios de Missão Velha, Barbalha e Crato, serão reiniciadas com previsão de gerar mais de 300 empregos. Até o momento, foram executadas 35% das obras. A ordem de serviço do reinício imediato dos 65% restantes foi assinada na manhã desta sexta-feira.





                                           Cinturão das Águas tem obras paralisadas no Cariri; funcionários devem ser  demitidos no próximo mês | Ceará | G1
                                              Foto >  G1 globo


Para o lote 3 está projetado 8,6 quilômetros de sifão e 25,8 quilômetros de canal. A obra estava paralisada desde o ano passado, em função de problemas no repasse de verbas pelo Governo.


O Cinturão das Águas do Ceará tem como finalidade transferir vazões advindas do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF), por meio do Eixo Norte destinado ao Ceará, para distribuí-las nas principais bacias hidrográficas do estado de forma gravitaria, ou seja, sem a necessidade de bombeamentos, alargando as áreas beneficiadas e potencializando os benefícios.


Participaram do ato de assinatura Renan Carvalho, diretor da Marquise Infraestrutura, empresa líder do Consórcio; Francisco Teixeira, Secretário de Recursos Hídricos e Yuri Castro, da Superintendência de Obras Hídricas. Com a conclusão dos demais trechos, 17 municípios serão beneficiados.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib