O Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) comunicou, por meio de nota, nesta terça-feira (11), a morte, por Covid-19, do oficial de Justiça da comarca de Caridade, Marcos Antônio Uchoa Freitas. Aos 53 anos, sem comorbidades, o oficial contraiu o novo coronavírus e estava internado desde o dia 15 de julho, tendo o caso agravado após uma infecção hospitalar. Ele faleceu na tarde desta terça-feira (11), em um hospital, em Fortaleza.  Marcos Uchoa é o primeiro oficial de justiça do Ceará, da ativa, que morre em decorrência do novo coronavírus.

Apesar dos riscos inerentes à profissão nesse período de pandemia da Covid-19, Marcos Uchoa continuou trabalhando e cumprindo os mandados judiciais, fato que pode ser conferido nas postagens das redes sociais do Sindojus. Ele ingressou na carreira em setembro de 1997, quando assumiu na comarca de Assaré, e posteriormente se mudou para Caridade, onde atuava desde então.
 Ele deixa a esposa e um filho de oito anos.

Solidariedade

Emocionado, Vagner Venâncio, presidente do Sindojus, lamenta a perda do amigo – os dois ingressaram juntos no mesmo concurso.

“A categoria está em luto. Sentimo-nos honrados pelo grande profissional que foi”, ressalta Vagner. O presidente do Sindojus destaca ainda que: “durante essa pandemia, o oficial de justiça é a categoria do Poder Judiciário que mais se expõe ao risco, transformando-se em potencial transmissor e receptor do novo coronavírus”.

O Sindojus apoiará a família no que for necessário. Por causa do contexto da pandemia, não haverá velório aberto ao público.

Ceará agora 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib