Jair Bolsonaro testou positivo pela terceira vez para a Covid-19

Jair Bolsonaro testou positivo pela terceira vez para a Covid-19
Saiu, nesta sexta-feira, o ranking inédito da ONG Transparência Internacional sobre gastos e contratações emergenciais realizados neste clima de combate à pandemia da Covid-19. O governo de Jair Bolsonaro é o segundo menos transparente. Segundo a ONG, o motivo do mau desempenho é a falta de detalhamento das contratações emergenciais e o fato de os dados estarem espalhados por vários portais diferentes.
O levantamento, que está em sua terceira edição, inclui todos os governos estaduais e as prefeituras das capitais. Nesse estudo, o governo registrou 49,3 pontos de 100 possíveis. A nota é considerada regular. Só ficou acima de Roraima, com 40,51 pontos. 
A Transparência Internacional avaliou que o principal portal de informações sobre coronavírus do governo federal mostra poucos detalhes sobre as contratações e não tem os dados em formato aberto, o que é considerado importante para a transparência porque permite o cruzamento com outras informações. Segundo ainda o estudo, portais de alguns órgãos federais seguem os padrões recomendados, mas só têm informações sobre suas respectivas contratações e não do governo como um todo.
(Com Portal G1)

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib