Francisco Alves dos Reis, de 51 anos, apelidado por “Véia” foi atropelado por um caminhão caçamba da empresa Egen, terceirizada da Marquise, responsável pela obra da Transnordestina em Aurora. Ele morreu no local do acidente.


DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Henrique Macedo – Foto: Redes sociais

Após quase um ano sem acidentes com vítima fatal, uma pessoa morreu atropelada por um caminhão caçamba em Aurora. O último acidente com vítima fatal registrado na cidade ocorreu em 25 de maio de 2018.

Na manhã desta sexta-feira (22), por volta das 10 horas, um homem identificado como Francisco Alves dos Reis, de 51 anos, apelidado por “Véia”, morador da Rua Nova, Bairro Araçá que seria acometido pelo alcoolismo e tinha dificuldades para se locomover, foi atropelado por um caminhão caçamba da empresa Egen, terceirizada da Marquise, responsável pela obra da Transnordestina em Aurora. De acordo com populares, a vítima trafegava a pé na Rua Dr. Guedes Martins, próximo à Praça Padre Cícero, ao lado da antiga estação do trem, entre os bairros Centro e Araçá, quando sofreu uma queda e acabou a ser colhido pelo veiculo atropelador, tendo morte instantânea.

A Polícia Militar foi acionada e adotou os devidos procedimentos. Profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e uma ambulância do município estiveram no local do acidente, porém, apenas atestaram o óbito da vítima.
O motorista do caminhão caçamba identificado como Fábio Bezerra Gonçalves, foi conduzido à Delegacia Municipal de Polícia Civil de Aurora. Ele responderá por homicídio culposo no trânsito, ou seja, sem intenção de matar.
O rabecão da Perícia Forense foi acionado e recolheu o corpo da vítima até a sede do órgão, em Juazeiro do Norte, para ser necropsiado
Postagem Anterior Próxima Postagem