Mobilização pela educação! Os prefeitos cearenses se uniram junto à frente organizada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) para cobrar do governo federal medidas excepcionais para ajustes das contas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação básica e de valorização dos profissionais da educação (FUNDEB).

Encaminhado ao Ministério da Educação (MEC), o clamor das lideranças municipalistas visa manter as atividades e a qualidade do ensino público no país. Diante da pandemia do coronavírus e da crise econômica que surge em diversos setores, a CNM pede uma ação emergencial do governo para que sejam liberados mais recursos no enfrentamento à pandemia.

  com a crise na saúde, a queda na arrecadação tem sido real e isso reflete no repasse do governo federal para estados e municípios. Com a queda nos recursos, a área do ensino é duramente afetada e ai que a preocupação dos gestores municipais é válida:

“Os prefeitos tem todos os motivos de estarem preocupados com impactos do novo coronavírus e principalmente com a situação da manutenção dos custos com a educação. Porque na realidade segue aí uma medida de urgência para as prefeituras que simplesmente não podem abrir mão de nenhum valor dessa verba”  

 a preocupação é grande porque existem muitos custos de manutenção das escolas, pagamento de salários de professores e além disso os prefeitos tem uma preocupação a mais porque a lei do Fundeb perde o vigor neste ano e por isso é necessário que seja aprovada alguma medida para continuidade do programa. “Porque senão será um caos nos municípios e na educação pública


Ceará Agora

Postagem Anterior Próxima Postagem