O hospital de campanha instalado no estacionamento do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), do Governo do Ceará, começou a funcionar nesta segunda-feira (27) para atender pacientes diagnosticados ou com suspeita de coronavírus.

O espaço conta com 39 leitos de enfermaria, que serão destinados a casos de baixa complexidade, após triagem na emergência Covid do HGF. Os primeiros atendimentos serão feitos por uma equipe de profissionais composta por dois médicos plantonistas, três enfermeiros e cinco técnicos de enfermagem.

Pacientes de média complexidade serão atendidos nos 70 leitos clínicos da emergência e das enfermarias das alas I e J do HGF. Já os de alta complexidade, nos 41 leitos do Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital.

“Numa pandemia como a que vivemos atualmente, os hospitais de campanha são muito importantes, porque permitem aumentar a capacidade de atendimento para além do espaço físico que os hospitais já possuem. No HGF, nós reestruturamos todo o funcionamento do hospital para atender da melhor forma possível a população”, explica Daniel de Holanda, diretor-geral da
unidade.


Estrutura

O hospital de campanha do HGF possui dois consultórios, dois postos de enfermagem, farmácia, áreas específicas para paramentação e desparamentação, além de copa, sanitários e área de expurgo. O espaço está equipado com camas hospitalares, gases medicinais, monitores, oxímetros e um carro para paradas cardíacas.

Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC)


O hospital de campanha montado na quadra do prédio anexo ao Hospital Geral Dr. César Cals, do Governo do Ceará, abriga os consultórios do setor ambulatorial. No local onde funcionavam os ambulatórios, foram dispostos leitos de alojamento conjunto, para puérperas em risco habitual, sem intercorrências, e recém-nascidos.
Para o tratamento de pacientes com covid-19, o HGCC disponibiliza atualmente 29 leitos de enfermaria e 10 leitos de UTI Adulto. Há, também, a previsão de abertura de 10 leitos de UTI Neonatal exclusivos para o tratamento de pacientes com coronavírus. O Hospital já começou a receber pacientes.

Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM)

O hospital de campanha do HM, montado no estacionamento da unidade, terá 37 leitos de baixa e média complexidade para pacientes com sintomas de Covid-19, que derem entrada na emergência.
Atualmente, o Hospital disponibiliza 32 leitos de enfermaria e 32 leitos de UTI exclusivos para pacientes com coronavírus. Até o final da semana, serão abertos mais 15 leitos de UTI e 14 leitos de UTI semi-intensiva.
A estrutura do hospital de campanha está em processo de conclusão, com a instalação de banheiros, gases medicinais e montagem dos leitos.

Hospital Infantil Abert Sabin

O Hospital Infantil Albert Sabin (Hias), do Governo do Estado, disponibilizará todo o Centro de Emergência para atendimento a pacientes com suspeita ou confirmação de covid-19. Crianças e adolescentes que não apresentam sintomas respiratórios serão acolhidos nos 25 leitos do hospital de campanha montado vizinho à unidade.
Atualmente, o Hias reservou parte do Centro de Emergência para receber pacientes com suspeita de Covid-19, onde eles realizam os exames necessários para a identificação da doença. Ao todo, o hospital destina oito leitos de UTI e 47 de enfermaria para o atendimento a pessoas com coronavírus.
Postagem Anterior Próxima Postagem