O IMPACTO da paralisação de policiais militares ainda não foi sentido pelos segmentos econômicos
O IMPACTO da paralisação de policiais militares ainda não foi sentido pelos segmentos econômicos
A festa de Carnaval de Paraipaba, a 95 km da Capital, foi cancelada em razão da crise na segurança pública do Ceará. Segundo a Prefeitura, a programação resultaria numa injeção de R$ 500 mil na economia local, além de 300 empregos diretos que seriam gerados. Ele não foi o único. Outros sete municípios cearenses cancelaram devido à percepção de insegurança após a paralisação de policiais militares: Paracuru, Forquilha, Milagres, Santana do Cariri, General Sampaio, Horizonte e Canindé. No entanto, oito garantiram que a comemoração continua mesmo sem a presença de policiamento, seja por meio de paredões ou da contratação de seguranças particulares.

Aracati, Cascavel, Sobral, Beberibe, Crato, Guaramiranga, Tauá e Viçosa do Ceará são os que estão confirmados. O evento tem um peso econômico importante porque aquece setores, sobretudo de serviços, e, consequentemente, aumenta a receita dos Estados. No entanto, algumas destas cidades ainda não calcularam o impacto desse cenário no curto prazo ou não preveem efeitos negativos. Em Paraipaba, o executivo municipal afirma que o investimento seria de R$ 300 mil, incluindo as atrações fechadas para a Praia de Lagoinha, que fica a 11 km de lá. O público seria de 20 mil pessoas por dia.

"Estima-se que vários setores sofrerão uma quebra de 50% de seus lucros, como hotéis, pousadas, restaurantes, passeios turísticos e transporte. Um enorme prejuízo para a cidade que tem um dos pontos turísticos mais visitados do Litoral Oeste: a Praia de Lagoinha", afirmou em nota.
Paracuru, no litoral cearense, atrai muitos visitantes no ciclo carnavalesco. A verba para a festa seria de R$ 400 mil. Procurado, o prefeito Eliabe Albuquerque (PSDB) disse que o recurso será remanejado para a saúde e que não haverá mudanças na economia local já que a expectativa é que o número de visitantes não tenha alteração. Os dados não foram divulgados.

Já em Aracati, 180 profissionais foram contratados para fazer a segurança, totalizando investimento de R$ 299 mil. Segundo o chefe da Casa Civil do município, Guilherme Bismarck, "o clima é de tranquilidade". "Já temos um efetivo da Guarda Municipal atuando, mas decidimos contratar a maior empresa de segurança do Ceará, que fez o Réveillon de Fortaleza, para que fique ainda mais seguro", afirmou. O investimento para a folia foi de cerca de R$ 5 milhões. A previsão é que sejam injetados na economia 15% a mais do que o ano anterior, quando movimentou R$ 226 milhões.
Em Sobral, o secretário do Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Inácio Ribeiro, diz que a festa continua e a expectativa é que sejam incrementados R$ 10 milhões. "Temos um efetivo da Guarda Municipal, a Polícia Civil e a maioria dos policiais não aderiu. A segurança está garantida e estimamos taxa de ocupação de 80%. A Prefeitura garantiu o pagamento de horas extras aos guardas municipais e a contratação de 100 seguranças privados que vão atuar nos eventos que serão realizados nos distritos.

Para André Carvalho, consultor econômico-financeiro da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), o maior impacto do cancelamento é no comércio. "Afeta mais a microeconomia, os comerciantes de serviços, que deixam de faturar nesse curto prazo. Indiretamente, sabemos que temos cidades em que 20% do Produto Interno Bruto (PIB) estão atrelados à receita da administração pública", diz. "Ou seja, quando se tem uma geração de empregos, mesmo que temporários, há um alívio na carga que é gerada na administração pública".

O economista Alcântara Macedo, acredita que haverá impacto negativo. "O dinheiro gasto nas festas se transforma em receita por meio das pessoas que pagam o imposto. Sem isso, gera uma diminuição", avalia.


Sem festa
 
Canindé
Forquilha
Milagres
Paracuru
Paraipaba
Santana do Cariri
General Sampaio
Horizonte

Confirmam

Aracati
Beberibe
Cascavel
Crato
Guaramiranga
Sobral
Tauá
Viçosa do Ceará   


O POVO
Postagem Anterior Próxima Postagem