Em entrevista nesta sexta-feira (4), ao comunicador João Hilário no Jornal Progresso, da Rádio Progresso FM, o governador Camilo Santana falou sobre uma série novidades e recursos a serem implementadas na região, dentre elas a previsão de conclusão do anel viário e a possível implantação de uma usina de regaseificação no Cariri, para distribuição de gás natural.


 Camilo Santana anuncia possível implantação de usina de gás natural no Cariri

Anel Viário

Dentre questionamentos feitos por ouvintes da rádio, Camilo adiantou que estão ocorrendo uma série de desapropriações que vieram a consequentemente atrasar as obras, e que muitas das sugestões quanto a novas saídas e vias a serem viabilizadas pela construção do anel viário estão sendo consideradas.
“Pretende-se criar toda uma infraestrutura para receber o turista na região, sem pegar engarrafamento no centro e numa lógica que contemple toda a região. Estou em constante contato com Arnon para podermos facilitar e dar andamento em toda essa questão das desapropriações”, disse o governador.
Ele confirmou que a previsão seria de concluir a 4ª fase do Anel Viário em dezembro deste ano, mas que algumas desapropriações na região do Ingra Hotel, em Juazeiro do Norte, podem adiar a inauguração do trecho para o primeiro trimestre de 2020.

Gasoduto

Outra novidade anunciada pelo governador é a possível implantação de usina de regaseificação no Cariri. O projeto pretende contemplar tanto usinas de abastencimento de gás natural quanto o reaproveitamento de gases produzidos por aterros sanitários. Esta iniciativa, inclusive, é pioneira no Estado.
“Ainda é muito difícil transportar o gás natural da capital para o Cariri, mas iremos sim criar iniciativas que viabilizem o transporte deste para cá. O gás deve então vir comprimido em caminhões, e aqui terá uma unidade de tratamento regaseificar e distribuir o combustível em toda a região”, afirma Camilo.
Isso signficia então que, num futuro próximo, veículos já possam ser abastecidos com gás natural na região, através de uma parceria do Governo com uma empresa privada que já atua em Fortaleza. A ideia é que seja instalado também um gasoduto que ligue as usinas da capital ao Cariri.


Badalo 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib