Mercado de refeições coletivas tem expectativas de crescimento para 2019

Os serviços de refeições coletivas têm sido uma crescente tendência nos últimos anos. O setor, que emprega 230 mil colaboradores no país, prevê crescimento na produção anual de R$ 20,6 bilhões em faturamento segundo a Associação Brasileira das Empresas de Refeições Coletivas (Aberc).
Empresa com 47 anos no mercado de refeições corporativas, a Serlares é  pioneira no quesito alimentação corporativa no modelo self-service no Nordeste.  Produzindo 600 mil refeições por mês e proporcionando mais de 3000 empregos diretos e indiretos, a empresa investe na produção em escala industrial, mas de forma personalizada, para proporcionar uma excelente experiência.
Segundo pesquisa feita pela HERO, organização que faz estudos sobre locais de trabalho, funcionários que consomem cinco ou mais porções de frutas ou vegetais pelo menos quatro vezes por semana, podem ser até 20% mais produtivos.
De acordo com a presidente da Serlares, Daniela Lima, esse dado é importante para entender a relevância de uma boa alimentação na mesa dos funcionários.  “Entendemos que a refeição do colaborador é muito mais do que alimento, por isso buscamos diariamente formas de surpreender os nossos clientes proporcionando um ambiente que promova qualidade de vida, tornando a hora da refeição nas empresas um momento de prazer e descontração”, ressalta.
Com esse panorama, a Serlares está ampliando o seu leque de ações no segmento, com profissionais qualificados, incluindo chefs de cozinha, gastrônomos, nutricionista, atendentes, dentre outros. Essa ampliação proporciona uma alimentação nutritiva e saborosa, dispondo, todos os dias, de pratos apetitosos e saudáveis em  mais 40 restaurantes corporativos, localizados em diversas cidades do Nordeste