TCE desaprova, mas vereadores de Ibaretama aprovam contas de Edson Moraes e Núbia Cavalcante

Por 6 votos a 3 a Câmara de Ibaretama anistiou os políticos que permanecem com pleno gozo de seus direitos políticos. Foto: Reprodução
A Câmara Municipal de Ibaretama, Sertão Central, votou na manhã desta sexta-feira, 02, na primeira sessão do segundo semestre legislativo as contas do ano 2012, de Edson Moraes (MDB) e Núbia Cavalcante, após receber parecer das comissões a favor da desaprovação o plenário soberano da câmara rejeitou os pareceres e aprovou as contas dos gestores.

Mesmo tendo em tese dois terços da Câmara de Ibaretama contra o governo, Edson Moraes conseguiu reverter e obteve a seu favor os dois terços que precisava para aprovação das contas, seis dos nove vereadores foram favoráveis à aprovação, apenas três seguiram o parecer do Tribunal de Contas do Estado que mostrava várias irregularidades.

Entre as irregularidades apontadas pela corte de contas está a suplementação de crédito ao orçamento municipal sem autorização prévia do legislativo, contratação de pessoal acima do permitido por lei e o não repasse de impostos ao INSS – Instituto Nacional de Seguridade Social dentre outros.

O Parecer das Comissões do próprio legislativo trouxe uma surpresa inicial, a Comissão de Constituição e Justiça e a Comissão de Orçamento seguiram o parecer do TCE e aconselharam a desaprovação das contas, ao que parece os vereadores nas comissões jogaram para o povo, já que o voto em plenário foi secreto, no plenário teve vereador que foi contra seu próprio voto nas comissões.

O mais surpreendente vem após a promulgação do resultado da votação secreta que aprovou as contas dos gestores de Ibaretama, o Vereador Til (PT) mostrou indignação e resolveu abrir o seu voto, disse que jamais votaria pela aprovação das contas quando o TCE recomendasse desaprovação, Til foi seguido pelos vereadores Carliando Almeida (PRB) e Valberleno Lopes (PV), após a revelação dos votos dos três parlamentares o sigilo do voto dos demais foi quebrado.

Votaram a favor da aprovação das contas de Edson Moraes e Núbia Cavalcante, os vereadores, Gerson (PCdoB), Daniel (PSDB), Vanderlene (MDB) Igor do Bebé (MDB), Claudio de Paula (Avante) e Carlinha do Hospital (PSD).

Com a aprovação das contas, Edson Moraes e Núbia Cavalcante continuam na vida publica e com todos os direitos políticos garantidos, nas redes sociais a população não recebeu bem a notícia da aprovação das contas dos gestores.
Conteúdo: IbaretamaNet