Escritor saboeirense lançará livro que resgata a história da origem de Saboeiro


O escritor Antonio Elindo Braga, natural de Saboeiro, lançará no próximo dia 23 de agosto, em Fortaleza, o seu livro HISTÓRIA DE SABOEIRO E AS SETE IRMAS NA MONARQUIA E NA REPÚBLICA, que faz um resgate histórico do nascimento da cidade de Saboeiro, no sertão dos Inhamuns, a partir da chegada das sete irmãs irmãs portuguesas, há 300 anos atrás, quando se deu o povoamento do que viria a se tornar mais tarde a Saboeiro que conhecemos.
Erlindo Braga é autor do belo hino de Saboeiro, e presidente da Associação dos Filhos e Amigos de Saboeiro- AFAS.
"A ideia de escrever o livro HISTÓRIA DE SABOEIRO E AS SETE IRMÃS NA MONARQUIA E NA REPÚBLICA surgiu da necessidade de se pesquisar a origem de Saboeiro, sua organização política, judiciária e eclesiástica e resgatar o passado histórico dos filhos de Saboeiro, que participaram ativamente da política, da magistratura, do jornalismo, do Ministério Público, quer na Monarquia, quer na República, fatos poucos conhecidos quer do grande público, quer dos próprios filhos de Saboeiro. Saboeiro teve um passado histórico muito importante que haveria de ser resgatado através de pesquisas e estudos históricos materializados em uma obra para divulgação da importância e influência de Saboeiro na política do Ceará. Muito me inquieta quando me interrogam sobre minha naturalidade, que respondo ser de Saboeiro. E a pergunta que se segue é sempre: “Onde fica Saboeiro?” (Erlindo Braga)
Eu compreendo muito bem a angústia do nobre conterrâneo Erlindo Braga. Essa mesma indagação, "Onde fica Saboeiro?", me motivou em 2007 a criar o Blog Saboeiro Existe, que surgiu na época como uma carta de apresentação de Saboeiro ao mundo, e me rendeu mais de 3 milhões de acessos nos anos em que esteve ativo. A orelha do livro a ser lançado traz  o relato de um episódio que marca uma situação dessas, tantas vezes também vivenciada por mim e muitos outros saboeirenses. 
A obra traz detalhes sobre a história de Saboeiro nunca antes registrados. A rica pesquisa de Erlindo Braga é um presente para as gerações do presente e do futuro, resgatando o passado glorioso de uma terra de homens e mulheres valentes, e de uma terra cercada por forte apelo histórico, cultural e social, que precisa ser vista com toda sua importância no contexto histórico do Ceará e da região dos Inhamuns.  O Ceará da Gente parabeniza o autor pela brilhante pesquisa que resultou em tão bela obra. 
O evento de lançamento acontecerá no Ideal Clube, na Av. Monsenhor Tabosa, 1381- Salão Humberto Cavalcante, na capital cearense, às 19 horas do dia 23 do mês em curso.
Sobre Saboeiro:
O que se aprendeu até aqui, nas escolas e nos poucos livros que retratam a história de Saboeiro, é uma pequena história contada da chegada dos Irmãos Portugueses em Saboeiro, na época uma comunidade rural à margem esquerda do Rio Jaguaribe, chamada Cruz, depois Santa Cruz dos Carcarás, e por fim, Saboeiro. Uma sequência de decretos fez a pequena Saboeiro transitar entre os status de vila e cidade diversas vezes, até finalmente ser estabelecida como cidade no ano de 1823. 
Os registros históricos são escassos, por isso a grande importância da obra de Erlindo Braga. Além de uma aprazível leitura, é incontestável e imensurável o valor da obra como fonte de pesquisa pra diversas gerações.
 
 
Cearádagente. com