Advertisement

Deputado federal André Figueiredo propõe criação do piso salarial dos Conselheiros Tutelares

                               


Em busca de mais valorização para a missão dos(as) Conselheiros(as) tutelares no Brasil, o deputado federal André Figueiredo protocolou nesta semana na Câmara Federal o projeto de lei de nº 739/2022 que institui o piso salarial nacional para os Conselheiros Tutelares.

Com o projeto, o parlamentar cearense busca aumentar para R$ 4.848,00 (quatro mil, oitocentos e quarenta e oito reais) mensais em todo o Brasil. “Os Conselheiros Tutelares representam a sociedade na proteção e na garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes em face de qualquer ação ou omissão dos pais, responsáveis legais, ou do próprio Estado, e atuam para que esses direitos não sejam ameaçados ou violados”, justifica André Figueiredo. 

Parceria antiga com melhorias para a categoria

Com a destinação de emendas para renovar os equipamentos de mais de 60 estruturas de Conselhos Tutelares cearenses, André Figueiredo vem sendo um dos maiores padrinhos de melhorias de trabalho para os (as) profissionais do conselhos tutelares do Ceará. 


                           Roberto Moreira 

Postar um comentário

0 Comentários