Advertisement

Main Ad

Carnaval nos municípios de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, deve depender de cenário da Covid-19 e decretos estaduais

 

Foto: Guto Vital

A variante Ômicron da Covid-19 reacendeu o alerta em todo o mundo. Descoberta no continente africano, ela tem gerado temor em governos e cientistas de todo o mundo, que temem o comprometimento das campanhas de imunização.

 

No último decreto estadual de controle pandêmico, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), proibiu a realização de grandes eventos de réveillon. Eventos com até 5 mil pessoas estão permitidos em locais abertos e até 2,5 mil pessoas em locais fechados.


O debate sobre a realização do Carnaval também entrou na pauta dos debates sobre a vida com a Covid-19. Do triângulo Crajubar, apenas a gestão municipal de Juazeiro do Norte confirmou a realização de eventos presenciais alusivos ao Carnaval 2022.

 

“A Secretaria de Cultura de Juazeiro do Norte lançou, no último dia 19, um edital de chamamento para realização do Carnaval Cultural de 2022, que deverá seguir as orientações e decretos vigentes no período festivo. O próprio Edital já prevê a realização tanto de forma presencial quanto virtual, a depender do cenário encontrado durante os quatro dias de Carnaval”, afirmou à nossa reportagem Vandinho Pereira, secretário de Cultura de Juazeiro do Norte.

 

A gestão municipal de Crato, por sua vez, afirmou que deverá seguir os decretos estaduais de controle pandêmico e que a possibilidade de realização não foi debatida.

 

A Secretaria de Cultura de Barbalha informou que um anúncio oficial da pasta deve ser feito nesta semana e que “será considerado o recente anúncio do governador sobre o cancelamento dos grandes eventos do final em qualquer decisão da secretaria, mas a programação virtual das escolas de samba seguem garantidas para a edição de 2022, como ocorreu no ano passado”.

 

Site Miséria

Postar um comentário

0 Comentários