Potengi nega aplicação de 173 doses vencidas da vacina da AstraZeneca - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Breaking


03/07/2021

Potengi nega aplicação de 173 doses vencidas da vacina da AstraZeneca


Prefeitura informou que houve um erro na embalagem das doses e publicou comprovante que mostrava lote ainda dentro do prazo de validade

O levantamento foi realizado levando em consideração as imunizações que ocorreram até o dia 19 de junho no Brasil (Foto: AGÊNCIA BRASIL)

O levantamento foi realizado levando em consideração as imunizações que ocorreram até o dia 19 de junho no Brasil (Foto: AGÊNCIA BRASIL)

Doses vencidas da vacina da AstraZeneca, contra Covid-19, teriam sido aplicadas em 58 municípios do Ceará. Dentre eles, Potengi, cidade localizada a 496,1 km de Fortaleza, seria o que aplicou o maior número de doses do produto vencido na população: 173. Dados são parte de um levantamento divulgado pela Folha de S. Paulo, nesta sexta-feira, 2. Procurada pelo O POVO, a prefeitura de Potengi negou a informação.

O balanço foi realizado a nível nacional e mostrou que 25.935 doses de oito lotes de imunizantes da AstraZeneca foram aplicadas fora do prazo de validade no Brasil- levando em consideração as imunizações realizadas até o dia 19 de junho. Dos 1.532 municípios com o problema, 58 estão situados no Ceará.

Potengi é a cidade cearense que mais teria aplicado doses que estavam foram do prazo de validade, utilizando 173 delas. Dessas, 170 teriam sido aplicadas no Centro de Saúde Antônia Guedes Marrocos. As outras três doses desse porte foram aplicadas em unidades de Estratégia Saúde da Familia.

Os equipamentos onde as doses foram aplicadas são:

- Centro de Saúde Antônia Guedes Marrocos: 170 doses

- Estrategia Saúde da Familia Vila Campo: 2

- Estrategia Saúde da Familia de Barreiros: 1

Procurada pelo O POVO, a assessoria da prefeitura da cidade informou que houve um erro na informação da embalagem do lote CTMAV505, com vencimento apontado pela Folha para 31/05/2021. Logo em seguida, a secretaria de saúde do município publicou uma nota nas redes sociais e mostrou foto do comprovante da entrega do produto, que indicava data de validade do lote citado apenas para o dia 31/05/2022.



 Comprovante de entrega divulgado nas redes sociais da prefeitura.

Comprovante de entrega divulgado nas redes sociais da prefeitura. (Foto: ascom potengi)

Veja nota na íntegra:

A Secretaria municipal da Saúde de Potengi informa que não aplicou vacinas fora da validade.
A SMS recebeu imunizantes contra a Covid-19 que estão citados na matéria da Folha de S.Paulo desta sexta-feira (2), das quais 170 doses foram citadas como doses vencidas.

O Ministério da Saúde informou que houve um erro na embalagem das doses da Vacina SARS-COV2 - Laboratório AstraZeneca (Lote: CTMAV505).

Apesar de as doses terem vindo direto do laboratório produtor (AstraZeneca), na embalagem primária e secundária consta vencimento em 31/05/2021. No entanto, nas notas de fornecimentos do SIES o prazo de validade está 31/5/2022.

A informação da Rede de Frio Nacional é de que a validade correta é 31/05/2022.
Potengi tem sido destaque no estado do Ceará pelo empenho e dedicação dos profissionais de saúde, surgindo na lista de cidades que mais vacinam no estado e ficando entre as 21 que aplicaram todas as (D1) primeiras doses

    ( bLOG DO Amaury Alencar o Povo) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.