Ceará registra menor taxa de requisições de UTI e enfermaria desde abril; número de ocupações em leitos também caiu no Estado - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Breaking

04/07/2021

Ceará registra menor taxa de requisições de UTI e enfermaria desde abril; número de ocupações em leitos também caiu no Estado

 Uma ótima notícia que traz esperança de dias melhores. Neste domingo (4), o Ceará registrou o menor número de pacientes que aguardam uma vaga em leitos de UTI no sistema público de saúde. Onúmero é o menor desde janeiro de 2021. Na época, 49 solicitantes aguardavam vagas nas unidades de tratamento intensivo. Hoje, apenas 9 esperam. O pico de requisições de vagas em enfermarias e UTIS em todo o estado, foi no dia 13 de abril, na qual o indicador chegou a 422 requisições, sendo 289 para leitos gerais e 133 para os de terapia intensiva.

Os dados são da plataforma IntegraSUS, da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), atualizados até às 10 horas deste domingo.

As regiões com maior concentração de pedidos são fortaleza (composta por 44 municípios) e Sobral, respectivamente. Na primeira, 16 pedidos, sendo 12 de enfermarias e 4 de UTIs, foram registrados hoje. Já em Sobral, foram 11 de enfermaria e 2 de UTI.

Além disso, a taxa de ocupações em UTIs e enfermarias para tratamento de Covid, também caiu. Para especialistas, a redução pode estar relacionada a uma série de fatores, entre eles , o avanço da vacinação e as medidas preventivas adotadas ao longo dos últimos meses, como isolamento social restritivo.



 

Uma ótima notícia que traz esperança de dias melhores. Neste domingo (4), o Ceará registrou o menor número de pacientes que aguardam uma vaga em leitos de UTI no sistema público de saúde. Onúmero é o menor desde janeiro de 2021. Na época, 49 solicitantes aguardavam vagas nas unidades de tratamento intensivo. Hoje, apenas 9 esperam. O pico de requisições de vagas em enfermarias e UTIS em todo o estado, foi no dia 13 de abril, na qual o indicador chegou a 422 requisições, sendo 289 para leitos gerais e 133 para os de terapia intensiva.

Os dados são da plataforma IntegraSUS, da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), atualizados até às 10 horas deste domingo.

As regiões com maior concentração de pedidos são fortaleza (composta por 44 municípios) e Sobral, respectivamente. Na primeira, 16 pedidos, sendo 12 de enfermarias e 4 de UTIs, foram registrados hoje. Já em Sobral, foram 11 de enfermaria e 2 de UTI.

Além disso, a taxa de ocupações em UTIs e enfermarias para tratamento de Covid, também caiu. Para especialistas, a redução pode estar relacionada a uma série de fatores, entre eles , o avanço da vacinação e as medidas preventivas adotadas ao longo dos últimos meses, como isolamento social restritivo.Uma ótima notícia que traz esperança de dias melhores. Neste domingo (4), o Ceará registrou o menor número de pacientes que aguardam uma vaga em leitos de UTI no sistema público de saúde. Onúmero é o menor desde janeiro de 2021. Na época, 49 solicitantes aguardavam vagas nas unidades de tratamento intensivo. Hoje, apenas 9 esperam. O pico de requisições de vagas em enfermarias e UTIS em todo o estado, foi no dia 13 de abril, na qual o indicador chegou a 422 requisições, sendo 289 para leitos gerais e 133 para os de terapia intensiva.

Os dados são da plataforma IntegraSUS, da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), atualizados até às 10 horas deste domingo.

As regiões com maior concentração de pedidos são fortaleza (composta por 44 municípios) e Sobral, respectivamente. Na primeira, 16 pedidos, sendo 12 de enfermarias e 4 de UTIs, foram registrados hoje. Já em Sobral, foram 11 de enfermaria e 2 de UTI.

Além disso, a taxa de ocupações em UTIs e enfermarias para tratamento de Covid, também caiu. Para especialistas, a redução pode estar relacionada a uma série de fatores, entre eles , o avanço da vacinação e as medidas preventivas adotadas ao longo dos últimos meses, como isolamento social restritivo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.