5 pessoas são encontradas após campanha com apoio do time do Ceará de busca por desaparecidos - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Breaking


21/07/2021

5 pessoas são encontradas após campanha com apoio do time do Ceará de busca por desaparecidos

Além de divulgar os desaparecidos e o contato da delegacia nas camisas, Vovô também usou as redes sociais para fortalecer a ação. (Foto: Divulgação/Ceará SC)
Além de divulgar os desaparecidos e o contato da delegacia nas camisas, Vovô também usou as redes sociais para fortalecer a ação. (Foto: Divulgação/Ceará SC)

Cinco pessoas que estavam desaparecidas foram localizadas durante a campanha "Um amor que une", parceria entre a Polícia Civil e o time Ceará Sporting Club, com objetivo de dar visibilidade à causa de pessoas desaparecidas no Estado. A campanha foi encerrada em solenidade realizada na tarde de terça-feira, 20.

As cinco pessoas tiveram nomes estampados nas camisas dos jogadores do Ceará. Dois homens que estavam desaparecidos foram encontrados logo após o início da campanha. O primeiro, localizado no dia 7 de junho, foi um cearense de 32 anos que estava desaparecido desde o dia 29 de abril. O nome dele apareceu na camisa 31, usada pelo volante alvinegro Pedro Naressi. Dois dias depois, um italiano, de 62 anos, que estava desaparecido desde o dia 14 de maio, foi localizado.

Já no início de julho, outras três pessoas que também figuraram nas listas divulgadas pelo time foram localizadas. No Ceará, duas adolescentes, ambas com 16 anos, foram encontradas. E o terceiro trata-se de um jovem de 22 anos, natural de São Paulo, que foi encontrado em Manaus, no Amazonas. Todos foram localizados com vida.

 A campanha marcou as comemorações de 107 anos de fundação do Vovô e se uniu aos esforços da 12ª Delegacia do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) da PC-CE.

A campanha teve início no dia 2 de junho, no Clássico-Rei da Copa do Brasil, dia do aniversário de 107 anos do clube. Os jogadores entraram em campo vestidos com camisas que levavam os nomes de pessoas desaparecidas, além do telefone de contato do DHPP, por onde as pessoas poderiam passar informações. Horas antes do jogo, os nomes e fotos das pessoas desaparecidas foram postadas nas redes sociais do clube.

Nas redes sociais do Ceará Sporting Club e da PC-CE, a campanha alcançou a marca de 3,5 milhões de impressões, perfis que tiveram contato com a ação, além de engajamento de 320 mil usuários das redes sociais. A ação resultou ainda na gravação de um podcast falando da importância e visibilidade da causa das pessoas desaparecidas.

Desaparecidos este ano

A 12ª delegacia do DHPP investigou 186 casos de desaparecimento de pessoas e elucidou 117 casos no primeiro semestre de 2021, ou seja, 62,9% das investigações da unidade especializada da Polícia Civil do Ceará foram solucionadas. Dos casos resolvidos, 102 pessoas foram localizadas com vida, o número representa 87,1% das ocorrências.

Em 2020, foram solucionadas 80,8% das investigações da unidade especializada da Polícia Civil do Ceará. A 12ª DH do DHPP investigou 438 casos de desaparecimento de pessoas e, desses, elucidou 354.

O que fazer se alguém desaparece

A Polícia Civil orienta a população que formalize os casos de pessoas desaparecidas de imediato, sem a necessidade de aguardar um prazo mínimo para a comunicação. Para isso, o denunciante pode registrar um Boletim Eletrônico de Ocorrência (BO) na Delegacia Eletrônica (Deletron) no campo Desaparecimento de Pessoa. Forneça o máximo de informações possíveis sobre a pessoa desaparecida e envie uma fotografia recente.

As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3257-4807, do DHPP, que também é o WhatsApp do Departamento, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.
O contato também pode ser realizado pelas redes sociais, por meio do perfil oficial @desaparecidosdhppce no Facebook e Instagram. Não é necessário se identificar. O sigilo da fonte é garantido.

                   o Povo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.