Usinas de Oxigênio para unidades hospitalares de 38 municípios cearenses podem serem doadas em articulação da SESA e BNDES - Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

Blog Amaury Alencar - O Mais completo do Interior do Ceará

O Blog mais completo do interior do Ceará com compromisso com a notícia.

Post Top Ad

ANUNCIE AQUI

21/04/2021

Usinas de Oxigênio para unidades hospitalares de 38 municípios cearenses podem serem doadas em articulação da SESA e BNDES

 






A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) formaliza parceria junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para trazer ao Ceará o Programa Matchfunding – Salvando Vidas. Na iniciativa, o banco de fomento busca parceiros para incentivar empresas a doarem insumos e custearem a instalação de usinas de oxigênio para unidades hospitalares no Brasil. O trabalho também é focado na proteção dos profissionais da linha de frente do combate à Covid-19. Pelo programa, cada R$ 1,00 doado pelas empresas é dobrado pelo BNDES. 

A Sesa busca, desde fevereiro de 2021, articulações institucionais para garantir o suprimento de oxigênio aos hospitais municipais durante este momento crítico de enfrentamento à pandemia. A Secretaria planejou antecipadamente sua logística e, por isso, assegura o fornecimento para suas unidades. Entretanto, o agravamento da doença e o crescimento exponencial das internações nesta segunda onda ocorreram simultaneamente em todas as regiões cearenses, gerando grande elevação na demanda pelo gás.

Foram mapeadas pela Secretaria 40 unidades hospitalares em 38 municípios das cinco Regiões de Saúde do Ceará aptas a receberem miniusinas de oxigênio com capacidade produtiva de 30m³/h ou microusinas de 20m³/h. Os municípios foram escolhidos considerando o perfil hospitalar e a descentralização da Saúde no Estado. Cerca de quatro milhões de cearenses podem ser beneficiados permanentemente com esta iniciativa.

O risco de desabastecimento de oxigênio preocupa a sociedade em todos os níveis e setores. Sensíveis ao desafio e cientes de seu papel social, a Câmara de Comércio e Indústria Brasil Portugal – Ceará (CBPCE) e a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) apoiam o Movimento Respira Ceará, que busca o engajamento de empresas para adesão à iniciativa do BNDES e da Sesa.

Como uma corrente solidária, o objetivo do evento é agregar um sentido de união e colaboração à causa para juntos garantirem que não falte oxigênio para nenhum cearense.

Antes mesmo da realização do evento de sensibilização dos empresários, a Sesa e o BNDES celebram as doações de três usinas de oxigênio para o Ceará, nos municípios de Sobral, Quixadá e Cascavel. 


           Sertão Alerta 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Post Bottom Ad

Pages