Pandemia no Ceará: prefeito de Palhano, Dinho Nunes, morre de Covid-19 neste sábado

 














O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), lamentou neste sábado (03), a morte do prefeito de Palhano, Dinho Nunes, com 43 anos. O prefeito estava em seu segundo mandato e faleceu hoje por complicações da Covid-19.

“Mais uma perda para a Covid neste sábado. Dessa vez do prefeito de Palhano, Dinho Nunes. Ele estava em seu segundo mandato à frente do município, tendo realizado importantes parcerias com o Estado para melhorar a qualidade de vida dos moradores da cidade. Meus sentimentos de pesar aos familiares, amigos e ao povo palhanense. Me solidarizo também com todos os cearenses que perderam familiares para a Covid”, escreveu o governador.

A Prefeitura Municipal de Palhano já havia divulgado o estado de saúde do prefeito Ivanildo Nunes, conhecido como Dinho Nunes (PT). Segundo o comunicado, o gestor municipal estava intubado para uso da ventilação mecânica por conta do agravamento do quadro. Dinho estava no Hospital Regional de Quixeramobim vítima. Durante seu tratamento, assumiu a pasta o vice-prefeito Chico do Juaquinzinho.

Também morreu, na madrugada deste sábado (03), aos 94 anos, o ex-governador do Ceará, Adauto Bezerra por complicações da Covid-19.

Postar um comentário

0 Comentários