Jijoca - Vereador descumpre decreto estadual e promove aglomeração sem máscara de proteção

 





 





O vereador do município de Jijoca de Jericoacoara Reginaldo Jeri (PSC), da base aliada do prefeito Lindbergh Martins, cometeu crime de desobediência à medida sanitária preventiva, decretado pelo Governo do Estado. Ele se reuniu com moradores da comunidade de Lagoa Grande, no último dia 04 de Fevereiro, num local em que todos estavam  sem máscara de proteção individual - inclusive o próprio parlamentar - sem álcool em gel, sem a observação do distanciamento social.  


O crime é previsto no artigo 268 do Código Penal Brasileiro e também se associa ao artigo 132, porque coloca  em risco  a vida e a saúde de outras pessoas. 


Mesmo que o vereador traga em sua defesa o fato de que não estava, ou não está, contaminado com a  Covid-19, mesmo assim cometeu crime, pois descumpriu o decreto do poder público, conforme estabelece o artigo 268 do Código Penal. 



O vereador Reginaldo também incide em quebra de decoro. Neste caso, a Câmara de Vereadores, por uma questão de moralidade, de ética  e de respeito ao interesse público, deveria abrir um processo contra o parlamentar e puni-lo conforme Regimento Interno da Casa. 


A atitude do vereador também está sendo encarada como um insulto aos vários jijoquenses trabalhadores que estão cumprindo os decretos rígidos de isolamento sem poderem trabalhar para garantir o sustento de suas famílias. 








Carlos  Jardel  



    Revista Camocim On Line 

Postar um comentário

0 Comentários