Funasa implanta projeto piloto de abastecimento d’água no Ceará, e contempla os municípios de Campos Sales, Jati, Capristrano ,Orós e Santana do Cariri

 






O Governo Federal, por meio da  Fundação Nacional de Saúde (Funasa),  órgão ligado ao Ministério da Saúde,  assinou nesta segunda-feira (01), de maneira virtual, ordens de serviço referentes ao Programa Saneamento Brasil Rural para sete municípios cearenses. Essa ação faz parte do projeto piloto de 

abastecimento de água que a Fundação iniciou pelo Estado do Ceará. Os municípios contemplados foram: Várzea Alegre, Lavras da Mangabeira, Campos Sales, Jati, Capistrano, Orós e Santana do Cariri. 

O valor total para as obras nessas cidades, que incluem construção de sistema de abastecimento de água e perfuração de poços, é de R$ 6,6 milhões. Esses recursos foram conquistados pelo deputado federal Domingos Neto. “Essas obras viabilizarão o acesso mais facilitado à água potável e fico gratificado em levar mais qualidade de vida à população. Nós assinamos a ordem de serviço e as obras começam imediatamente, porque já foram licitadas”, destacou Domingos Neto. 

Essa é a quarta rodada de ordens de serviços realizadas. “Esse programa visa melhorar a vida do homem do campo. Levar cidadania e dignidade à quem mais precisa”, ressalta o superintendente da Funasa, Marlos Andrade. 

O presidente da Funasa, Giovanne Gomes, que participou das ordens de serviço direto de Brasília, destacou a missão da Fundação. “Estamos presentes em mais de 4.500 cidades brasileiras para levar mais saúde e melhores condições de vida, principalmente para as localidades mais distantes”, explicou o presidente.


                               


                                          Jornalista Roberto Moreira 

Postar um comentário

0 Comentários