Três hospitais do Cariri têm 100% de ocupação nas UTIs Covid; Regional chega a 93,5%

 











                           

                               Hospital Regional do Cariri  Foto >   Raul Sampaio 


Na manhã desta quinta-feira (4), três hospitais da Região de Saúde do Cariri estão com 100% de ocupação nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com casos graves da Covid-19. Já o Hospital Regional do Cariri, referência no tratamento da doença, tem 93,55% de ocupação, com 29 dos 31 leitos ocupados. Os dados são do IntegraSUS, plataforma da Secretaria da Saúde do Governo do Estado.

Estão com lotação total o Hospital e Maternidade Santo Antônio e Hospital e Maternidade São Vicente de Paulo, os dois em Barbalha, e o Hospital Regional de Icó, que pertence a regional do Cariri.

O número total de ocupação dos leitos de UTI na região é 85,19%. Já a ocupação em leitos de enfermaria, para casos mais leves da doença, é de 32,4%.

Indicando preocupação maior, o número de cidades do Cariri com nível altíssimo de alerta para a Covid-19 subiu de 16, no início da semana, para 17. A incidência da doença na região também subiu de 86 infectados por dia a cada 100 mil habitantes, para 99,5.

Veja o quadro de ocupação disponibilizado pelo IntegraSUS:

HOSPITAL E MATERNIDADE SAO FRANCISCO DE ASSIS000%42511.9%
HOSPITAL GERAL IGNEZ ANDREAZZA000%700%
HOSPITAL MATERNIDADE AGENOR ARAUJO10660%2500%
HOSPITAL MATERNIDADE SANTO ANTONIO HMSA1010100%131184.62%
HOSPITAL MATERNIDADE SAO VICENTE DE PAULO33100%000%
HOSPITAL MUNICIPAL DE JARDIM000%10220%
HOSPITAL MUNICIPAL MANUEL TAVARES ROSENDO000%700%
HOSPITAL REGIONAL DE ICO PREFEITO WALFRIDO MONTEIRO SOBRINHO1010100%11545.45%
HOSPITAL REGIONAL DE IGUATU10550%16743.75%
HOSPITAL SAO RAIMUNDO000%10660%
HRC – HOSPITAL REGIONAL DO CARIRI312993.55%1313100%
IMTAVI7685.71%8675%
INCRI000%16212.5%
UNID MISTA NOSSA SRA DAS ANGUSTIAS000%11100%

Hospital de Campanha

Também nesta quinta, está sendo desmontada a estrutura do Hospital de Campanha em Juazeiro do Norte, que se encontrava desativado desde o ano passado. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, a reabertura vai acontecer mediante a necessidade, caso haja ocupação superior a 50% nos leitos da Unidade de Combate ao Covid. Até ontem, a ocupação era de apenas 10%.

A proposta da Secretaria foi fazer a cotação do Hospital junto a empresas, para a reativação, caso necessário, de uma unidade de Campanha com 40 leitos. Ainda há a possibilidade e utilizar o Hotel Municipal para tratar os pacientes.

O perfil da Unidade Covid e Hospital de Campanha é para o tratamento de casos de baixa e média complexidade. Casos graves são tratados no Hospital Regional do Cariri. 


      ( Badalo) 

Postar um comentário

0 Comentários