Setor de eventos: 10 mil profissionais receberão auxílio de R$ 1.000 dividido em duas parcelas, anunciou o Governador Camilo Santana

 






O setor de eventos tem sido um dos mais afetados pela pandemia da Covid-19 nos últimos 11 meses. Para ajudar os profissionais da área, o governador Camilo Santana anunciou, nesta terça-feira (16), medidas para apoiar o setor e, entre elas, cerca de 10 mil trabalhadores vão receber um auxílio de R$ 1.000, que será dividido em duas parcelas de R$500. Entre os beneficiados estão músicos, humoristas e técnicos de som e de imagem. Ao todo, serão direcionados cerca de R$ 10 milhões para apoiar esses profissionais.


Além disso, Camilo também anunciou que o setor terá parcelamento das dívidas de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em até 60 meses (cinco anos). O governador disse que irá enviar, ainda nesta semana, para Assembleia Legislativa, uma lei pedindo autorização para todas essas medidas.

Confira todas as medidas anunciadas:

  • Parcelamento das dívidas de ICMS em 60 meses (5 anos);
  • Isenção do IPVA 2021 dos veículos registrados em nomes das empresas que fazem eventos ou microempreendedores formalizados ou autônomo individual.
  • Isenção por 6 meses o pagamento de taxas para todos os equipamentos culturais do Estado quando retornarem às atividades presenciais para realização de eventos por empresas cearenses.
  • Edital para eventos corporativos online no valor de R$ 4 milhões;
  • Auxílio de R$ 1.000 em duas parcelas de R$ 500 para aproximadamente 10 mil profissionais do setor de eventos.

Reunião

O governador informou que nesta quarta-feira (17), haverá mais uma reunião do Comitê de Enfrentamento da pandemia para avaliar o cenário da doença e determinar novas regras. Também nesta quarta (17), Camilo vai se reunir com o ministro de saúde para avançar com o plano de vacinação nos municípios cearenses.





                          


Postar um comentário

0 Comentários