Pacientes de AVC após alta hospitalar é acompanhado pelo Ambulatório do Hospital Regional do Sertão Central

 








O Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), unidade da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), do Governo do Estado, assegura 
atendimento ambulatorial multiprofissional para pacientes egressos das unidades de Acidente Vascular Cerebral (AVC) a fim de reduzir recorrência da doença após alta hospitalar. O serviço, iniciado em novembro de 2020, oferece atendimento com médico neurologista, enfermeira, fisioterapeuta, fonoaudióloga, nutricionista e psicóloga. Em média, 35 pacientes são atendidos por mês.

O aposentado José Aurélio Fernandes, de 68 anos, é uma das pessoas que recebem a assistência. Após receber alta, o morador de Quixeramobim passou a ser acompanhado no Ambulatório Multiprofissional de Acidente Vascular Cerebral (AVC) da unidade.

A rapidez no atendimento permite que o paciente acometido por AVC possa ser medicado, no caso do acidente isquêmico, com o trombolítico, medicamento utilizado com o objetivo de desobstruir o vaso sanguíneo e reverter, de forma total ou parcial, os sintomas apresentados no início do quadro clínico.

A prevenção, no entanto, é o melhor caminho e pode evitar 90% dos casos. O reconhecimento dos sinais de alerta da doença e o rápido tratamento de urgência em um centro de AVC diminui a chance de sequelas.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o AVC é a segunda causa de morte no mundo e a primeira causa de incapacidade. A enfermidade pode acometer qualquer pessoa, de qualquer idade, e afeta todos ao redor: pacientes, familiares e amigos.

Serviço

Em caso de AVC, acione o SAMU 192 Ceará ou procure uma unidade de saúde mais próxima.

Postar um comentário

0 Comentários