José Guimarães apresenta projeto para barrar decreto que muda gestão de previdência dos servidores

 





                     


O líder da Minoria na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT/CE), apresentou, nesta sexta-feira (19), o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) nº 79/2021, que tem o objetivo de sustar os efeitos do Decreto nº 10.620. A resolução do governo Bolsonaro prevê que trabalhadores do Poder Executivo tenham suas aposentadorias geridas não mais pela União, mas pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e pelo Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal (Sipec).

José Guimarães avalia a decisão do governo como inconstitucional. “A Constituição é clara, no Art. 40, quando veda a existência de mais de um órgão ou entidade para gerir um regime próprio de previdência”, afirma. O petista também destaca o retrocesso que o decreto representa ao sugerir o retorno dos servidores de autarquias e fundações públicas à responsabilidade do INSS. “Vai prejudicar o funcionalismo público e aumentar ainda mais as filas do Instituto”, declara. 


                                                  Roberto Moreira 

Postar um comentário

0 Comentários