'Isso não é salário de vereador. É de vendedor de laranja', diz parlamentar que recebe R$ 6 mil

 












“R$ 5,9 mil. Isso não é salário de vereador, não. Isso é salário de vendedor de laranja, engraxate”, disse o parlamentar Artur Orlando da Silva, o Artuzinho (DEM), ao subir na tribuna da Câmara Municipal de Ibirité, cidade com quase 200 mil habitantes, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Esta quantia corresponde ao valor líquido. O salário bruto é de R$7,6 mil.

Ele mesmo postou o vídeo em uma rede social. O discurso foi feito durante a primeira reunião do ano, no dia 8 de fevereiro, para justificar o pedido de aumento salarial, proposto pela mesa diretora. O projeto que lei que prevê aumento de 4,5% no salário dos vereadores tramita na Câmara. Se aprovado, os parlamentares passarão a receber R$ 8 mil por mês.

O vereador foi procurado por telefone, mas não atendeu as ligações. A reportagem foi até a Câmara Municipal, mas o assessor dele disse que Artuzinho está “abalado com a repercussão do vídeo” e não quis gravar entrevista.

Em nota, o parlamentar disse que a intenção dele não foi desqualificar ou desmerecer o trabalho do outro. Ele queria mostrar à sociedade que o salário de vereador de Ibirité não condiz com a subjetividade da população que imagina que o salário de vereador seja exorbitante. Arturzinho finalizou com um pedido de desculpas. 

             (Do G1)


Postar um comentário

0 Comentários