Campeonato de Free Fire promete movimentar juventude de Araripe

 






O município de Araripe no Cariri Oeste será o primeiro do estado a promover um campeonato de jogos eletrônicos durante a pandemia do novo coronavírus.A prefeitura e a Secretaria Municipal de Esporte e Juventude vão realizar o 1º Campeonato Esportes – FREE FIRE. As inscrições estão abertas para as equipes, desde o último dia 15 de fevereiro e se encerram no próximo dia 22. O público-alvo são adolescentes com idade a partir dos 14 anos.

O evento será realizado na primeira semana de março. As partidas acontecerão das 19:00 às 21:00 horas, com duas etapas: fase de grupos à distância e fase final de forma presencial, atendendo a todos os protocolos sanitários.

A iniciativa surge como alternativa de entretenimento para a juventude nesse período de isolamento social. “A intenção de realizar o evento é de propor interatividade nesse momento tão difícil em que se encontra toda sociedade. Os jovens e adultos precisam se distrair, ter momentos de lazer e diversão, mesmo que em casa, pois inicialmente as primeiras etapas serão realizadas em suas residências de forma online, já evitando aglomeração num curto período de realização, 1 semana a realização do evento.” explica o professor Aurélio, titular da Secretaria Municipal de Esporte e Juventude.

De acordo com a prefeitura, o evento é resultado de enquete promovida pela gestão nas redes sociais em que um número expressivo de internautas interagiram favoráveis à proposta.

O evento será um atrativo a mais para os jovens diante da situação atual de pandemia, onde muitos se encontram isolados sem poder manter contato físico com os colegas, conforme destaca a Secretária Municipal de Educação, Elisabete Alencar.




“De forma saudável e equilibrada, o jogo fará com que a mente desse jovem trabalhe e desperte o gosto pela competitividade, fazendo com que se sintam estimulados a pensar estratégias dentro do jogo, podendo interagir mesmo que virtual com seus amigos”, completa a gestora

Card de divulgação| Reprodução redes sociais.

                                      Por Ronuery Rodrigues


Postar um comentário

0 Comentários