Barragem de Quixeramobim está com 15% da capacidade e Pedras Brancas aparece com 5,6%

 







A Barragem de Quixeramobim, principal responsável pelo abastecimento da sede urbana do município de mesmo nome, no Sertão Central, está com 15,32% de volume, conforme dados do Portal Hidrológico da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). O açude Pedras Brancas, utilizado para prover água aos quixeramobinenses quando a Barragem está seca, aparece com 5,66% de sua capacidade total. Ambos integram a Bacia do Banabuiú.

A situação acende um alerta nas autoridades do município, relembrando a situação hídrica crítica que a cidade ficou em 2015, quando a Barragem chegou a secar totalmente e ainda não havia adutora para transportar água do Pedras Brancas para Quixeramobim.

Em relação às demais bacias hidrográficas do Ceará, a do Banabuiú, de acordo com a Cogerh, está com a segunda pior situação do Estado, em termos percentuais, com 10,55% de armazenamento, ficando atrás, somente, da Bacia do Médio Jaguaribe (10,13%), onde fica o Castanhão, maior reservatório cearense.

Em prognóstico divulgado no dia 20 de janeiro, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) apontou maior possibilidade de chuvas abaixo da média para o trimestre FMA (fevereiro, março e abril) e chamou a atenção para o volume armazenado nos reservatórios da região hídrica do Banabuiú, que comporta 2.755,32 hm³ e está, atualmente, com 290,66 hm³.

Confira, a seguir, a situação dos reservatórios da Bacia, do maior para o menor percentual armazenado:

São José II – 69,21% (14,53 hm³)

Curral Velho – 68,28% (8,31 hm³)

São José I – 66,86% (5,13 hm³)

Capitão Mor – 26,13% (1,57 hm³)

Patu – 21,17% (13,78 hm³)

Quixeramobim – 15,32% (1,21 hm³)

Umari – 14,74% (4,42 hm³)

Poço do Barro – 13,03% (6,77 hm³)

Vieirão – 12,08% (2,50 hm³)

Fogareiro – 11,83% (13,96 hm³)

Banabuiú – 11,7% (187,28 hm³)

Pedras Brancas – 5,66% (25,83 hm³)

Cipoada – 4,01% (3,45 hm³)

Serafim Dias – 2,84% (1,16 hm³)

Trapiá II – 1,11% (0,20 hm³)

Cedro – 0,44% (0,56 hm³)

Jatobá – 0%

Monsenhor Tabosa – 0%

Pirabibú – 0%

Do Repórter Ceará (Foto: Cogerh)



Postar um comentário

0 Comentários