Quixadá incluído pela UECE para cursos de formação inicial e continuada em 2021

 





Os desafios em que o ano de 2020 deixou para os cearenses, o mercado de trabalho tem se retraído com a pandemia de Covid-19, atenta ao atual cenário e comprometida com sua função social, a Universidade Estadual do Ceará (Uece), oferecerá, neste ano, 340 vagas para cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), o Sertão Central as Cidades de Quixadá, Quixeramobim e Senador Pompeu estão na relação dos municípios que por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), oportunidade de qualificação gratuita e reconhecida nacionalmente que pode fazer a diferença na hora de se reinserir no mercado de trabalho.

“A Uece, como universidade pública que é, possui o importante papel social de produzir conhecimento capaz de promover a transformação socioeconômica do Ceará e de formar profissionais preparados para a realidade do mercado de trabalho, contribuindo para a construção de um Estado mais desenvolvido e justo do ponto de vista social e econômico. Para cumprir esse papel, a atuação da Uece excede a oferta de cursos de graduação e pós-graduação, incluindo também a oferta de oportunidade de estudo e qualificação profissional para estudantes do ensino médio da rede pública estadual e para os trabalhadores que precisam melhorar a sua formação profissional para que obtenha melhores oportunidades de emprego. A oferta de cursos gratuitos e de qualidade, em suas diversas modalidades, é capaz de transformar a vida das pessoas e de atender às necessidades do nosso Estado, trabalho que se reverte diretamente em benefícios para toda a sociedade”, destaca o coordenador geral do Pronatec/Funece, professor Hidelbrando Soares.

De acordo com o coordenador, as 340 vagas serão distribuídas em 17 turmas dos cursos Assistente de secretaria escolar, Assistente administrativo, Assistente de contabilidade e Agricultor familiar. As turmas serão ofertadas em 13 municípios cearenses: Alto Santo, Beberibe, Caucaia, Guaiúba, Iguatu, Mauriti, Umirim, Trairi, Potiretama, Quixadá, Quixeramobim, Senador Pompeu e Tauá.

A expectativa é que as aulas presenciais dos cursos tenham início em agosto deste ano. Para se candidatar a uma das 340 vagas que serão ofertadas, os interessados devem ficar atentos ao site da instituição para verificar a documentação necessária e o passo a passo para realização da matrícula, informações que serão divulgadas nos próximos meses. 


Sertão Alerta