Pandemia interrompe tradição de 26 anos do Reisado em Quixadá

 






A comunidade de Boa Água, no distrito de Cipó dos Anjos, mantém viva a tradição cultural com o Grupo Reisado do Caretas Boi Coração. O agricultor Chico Emídio consegue manter viva essa tradição com os brincantes da localidade, que se apresentam em todo Estado levando a cultura quixadaense.

O Líder do grupo revelou a nossa reportagem que este ano está bastante triste em não poder realizar a tradicional festa de Santo Reis, o motivo a pandemia e o decreto estadual que não permite aglomerações.

A festa de Reis este ano foi cancelada em decorrência da Pandemia.

São 26 anos de realização da festa, lembra Chico que no ano passado houve a participação de um grupo da cidade de Ocara e que a localidade recebeu cerca de 500 pessoas. Este some acontecerá um terço com poucas pessoas atendendo aos protocolos da saúde. Todas as apresentações do grupo foram canceladas.

No ano de 2020 o Grupo de Reisado da Ocara esteve na localidade

De acordo com o Professor Edinês Brito, a apresentação vem da década de 30, uma herança dos migrantes da região do Maciço de Baturité que passaram a morar na localidade de Boa Água.  Neste últimos o costume e a tradição foi fortalecida pelo interesse dos mais jovens e crianças da localidade que se integram ao grupo folclórico.

As mascaras remetem aos disfarces usados pelos monarcas, Belchior, Balthasar e Gaspar. Para não serem reconhecidos pelos soldados romanos, usaram mascaras e disfarces de mendigos. Essa é a origem da Tradição.  


Sertão Alerta 

Postar um comentário

0 Comentários