Falta de energia causa revolta em moradores e comerciantes no Centro, em Várzea Alegre

 






Um problema na rede elétrica do Centro da cidade de Várzea Alegre, está provocando revolta em moradores e comerciantes, tendo em vista que o problema se repete constantemente.

Desde a tarde da quarta-feira, 06, que a população está sem o fornecimento de energia, e o problema está relacionado a um transformador que queimou.

A última vez que isso ocorreu foi no dia 17 de dezembro, a empresa fornecedora, ENEL recolocou um novo equipamento e na quarta-feira, por volta das 16h, a peça explodiu.

Moradores passaram a noite no apagão, e até o final da manhã desta quinta-feira, 07, nada foi solucionado.

O comerciante Raimundo Sousa, Raimundim da padaria, é um dos usuários atingidos pelo problema, e pede agilidade da empresa na descoberta e reparação do caso, já que isso ocorre de forma constante.

O vereador Otoniel Jr, que é morador da rua Dr. Leandro, manifestou indignação e que levará o problema para discursão na Câmara.

Quando não é a “falta d’água” pela Cagece, vem a falta de energia pela Enel. Novamente, o centro da cidade está sem energia elétrica. Já é a segunda vez, apenas hoje, e a quarta nos últimos dias. Prejuízos nos comércios e residências se acumulam, frutos do descaso e da falta de investimento dessas empresas, por exemplo. As “campeãs na insatisfação popular” precisam ser cobradas de forma mais contundente. Queixas em redes sociais, reclamações por telefone, ofícios e requerimentos no papel… são importantes e válidos, mas não surtem efeito de modo geral e as falhas se acumulam. Compartilharei esse tema na Câmara, deixando claro que não é uma crítica direcionada a nenhum trabalhador, mas sim, para as empresas. Boa noite”, escreveu.

O trânsito na rua também é afetado, os semáforos estão sem funcionar e os agentes do Demutran tentam controlar o tráfego de veículos no local, para evitarem acidentes. A Rádio Cultura (FM 96.3), que tem sua sede localizada na Dep. Luiz Otacílio Correia, está fora do ar, por conta do problema.

A ENEL, por meio de sua equipe, tenta resolver o problema. Nossa reportagem entrou em contato via telefone com a empresa, porém não tivemos uma informação concreta com relação ao retorno do fornecimento.


Várzea Alegre agora 

Postar um comentário

0 Comentários