24 senadores pedem à PGR prorrogação da Lava Jato no Rio de Janeiro

 







O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) conseguiu o apoio de 24 senadores em um manifesto que será entregue à Procuradoria Geral da República, solicitando a prorrogação da Operação Lava-Jato no Estado do Rio de Janeiro. 

Recentemente, a PGR postergou o prazo das ações no Rio de Janeiro até 31 de janeiro de 2021. No entanto, o senador contra-argumenta que o tempo pode ser insuficiente, colocando em xeque ações determinantes e em curso. 

“Entendemos a dimensão e a importância da Operação Laja Jato no Brasil, e em ações determinantes no Estado do Rio de Janeiro. Assim, esse prazo fixado pela PGR pode ser insuficiente para o avanço de investigações em fase de apuração”, enfatiza.

Eduardo Girão defende abertamente, desde que assumiu o mandato no Senado Federal, a importância da Operação Lava-Jato pelo Brasil, no combate à corrupção e o resgate de valores desviados dos cofres públicos. 

Em seu manifesto ele aponta que só no Estado do Rio de Janeiro a força tarefa já conseguiu a recuperação aos cofres púbicos de mais de R$ 1 bilhão, 48 prisões temporárias, 217 prisões preventivas, 471 buscas e apreensões, 35 conduções coercitivas, 6 ações de improbidade administrativa, 56 ações penais e 41 condenações. 


Roberto Moreira 

Postar um comentário

0 Comentários