QUANDO SE ADMINISTRA UM MUNICÍPIO COM ÉTICA, RESPONSABILIDADE, ZELO POR SUA POPULAÇÃO E COMPROMISSO, OS IMPACTOS SOCIAIS SÃO BENÉFICOS PARA O POVO

 







PACUJÁ, Região Norte do Estado, ao aderir ao "Selo UNICEF - Edição 2017 - 2020", se comprometeu trabalhar com eficácia as DIRETRIZES e PROCEDIMENTOS desse Projeto inovador e Internacional, e o testemunhamos é um ganho social jamais visto neste Município, especialmente, no que tange as Políticas Públicas Sociais voltadas para as CRIANÇAS e os ADOLESCENTES.
O Selo UNICEF repassou o dever de casa para os municípios que aderiram ao Projeto que estão registrados nos RESULTADOS SISTÊMICOS E INDICADORES DE IMPACTO SOCIAL, e dentro os 16º RESULTADOS SISTÊMICOS E AÇÕES DE VALIDAÇÕES trabalhados pelo município, eles ganharam reforço como é o caso do 4º RESULTADO SISTÊMICO: "Programas de melhorias do estado nutricional das crianças e ADOLESCENTES incluindo a promoção do aleitamento materno e ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, implementados", e não deu outra, o Município priorizou este DESAFIO, implementando um novo cardápio na mesa dessas crianças matriculadas na rede municipal e participantes dos programas sociais da Secretaria de Desenvolvimento Social do Município.
Graças a PARCERIA com o Governo do Estado, a Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente local, vem trabalhando sistematicamente juntos aos agricultores familiares, adquirindo in loco produtos de qualidade e livre de agrotóxicos no que tange as FRUTAS, LEGUMES e VERDURAS além LEITE e POLPA de frutas naturais, distribuído com as famílias. Somado com esses ganhos sociais que estão impactando os lares das famílias especialmente as de parcos recursos financeiros, vêm se somar a DISTRIBUIÇÃO de CESTAS DE ALIMENTOS BÁSICOS para as famílias com filhos matriculados na rede municipal de ensino, ofertando segurança alimentar, BEM ESTAR SOCIAL trabalhando o COLETIVO e garantindo uma SAÚDE de qualidade para esses dois segmentos da população.
O ambientalista JORGE DE MOURA, Articulador Municipal do Selo UNICEF - Edição 2017 - 2020 lembra que, quando chegou no município de Pacujá em Agosto de 2017, enxergou de imediato N necessidades que deveriam serem trabalhadas e priorizadas, porém o Selo UNICEF foi o NORTE, o município seguiu rigorosamente o ROTEIRO e as DIRETRIZES do Selo UNICEF, foi graças ao 1º FÓRUM COMUNITÁRIO, que o Prefeito ALEX MELO se comprometeu trabalhar as REIVINDICAÇÕES das CRIANÇAS, ADOLESCENTES e população em geral. O que vejo hoje é uma radical mudança no seio da coletividade local, com um trabalho exponencial do gestor municipal que garantiu ao município, o tão sonhado progresso social, educacional além do extraordinário ganho para a saúde, MEIO AMBIENTE e para o BIOMA CAATINGA com o Projeto Jovens Ambientalistas com 360 crianças e adolescentes, alunos da rede municipal de ensino, eles trabalham a Educação Ambiental com seriedade, mudando radicalmente uma cultura arcaica e nociva ao Meio Ambiente e hoje, Pacujá respira o VERDE graças a ATITUDE e DECISÃO POLÍTICA de um prefeito com visão de futuro. Finaliza o ambientalista Jorge de Moura, que se diz tranquilo pela missão cumprida, missão árdua porém compensadora, minha parte fiz com esmero e responsabilidade por ser uma das marcas de minha vida profissional e da trajetória de técnico, comprometido com o social,  destaca.