O governador Camilo Santana (PT) declarou, na tarde deste sábado, apoio à reeleição do prefeito Naumi Amorim (PSD) na corrida eleitoral em Caucaia e pregou uma mobilização contra um projeto que, segundo ele, representa o bolsonarismo e a política baseada na intolerância e na exploração da violência.

A manifestação de Camilo Santana faz parte do esforço concentrado nas últimas 48 horas que antecedem o primeiro turno, a ser realizado, nesse domingo, para evitar que a eleição seja levada ao segundo turno. Naumi, de acordo com pesquisa do Ibope publicada nessa quinta-feira, pelo Diário do Nordeste, poderá ganhar a eleição no primeiro turno.

Camilo não nominou o candidato bolsonarista, que, conforme enfatizou, representa a intolerância e a violência, mas o recado tem endereço certo: o candidato do PROS, Vitor Valim, que se projetou na política com o programa jornalístico na área policial e, hoje, tem afinidade com o Governo do presidente Bolsonaro.

De acordo com Camilo, Caucaia tem outro projeto, que é formado por duas candidaturas – a de Naumi, e a de Elmano Freitas (PT). São duas candidaturas que, segundo Camilo, pregam o respeito e o diálogo.

Camilo definiu Elmano como um grande parlamentar e chamou Naumi de um grande aliado e parceiro do Governo do Estado nos projetos para melhorar a vida de Caucaia. Ao final da mensagem divulgada pelas redes sociais, Camilo afirma que Naumi lidera as pesquisas e pede aos eleitores que, pelo bem de Caucaia, façam a escolha correta.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib