Vinte e quatro horas após receber o apoio do PT, o candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza, José Sarto, ganhou, nesta quarta-feira (18), a adesão do PCdoB. Sarto, ao lado do candidato a vice-prefeito Elcio Batista (PSB), agradeceu o gesto dos dirigentes do PCdoB que, em seu entender, representa o sentimento de brasilidade e de defesa da democracia.


Segundo José Sarto, a união das forças progressistas abre caminho para uma cidade ainda mais inclusiva.

“Quero convidar e conclamar toda a Fortaleza que se junte a nós. Nossa proposta é de diálogo com todos que querem se somar ao nosso projeto, assim como o 65 agora é 12. Fortaleza agora é 12”, expôs o pedetista.


O candidato do PCdoB à Prefeitura, Anízio Melo, comanou o ato de adesão ao PDT e estava acompanhado do presidente da sigla na Capital, Francinet Cunha, do presidente estadual, Luís Carlos Paes, do ex-senador Inácio Arruda, e do vereador Evaldo Lima, que foi derrotado no último domingo.

“O PCdoB vai ser uma grande trilha de resistência para impedir que o capitão de Brasília faça o capitão de Fortaleza”, disse, acrescentando que Sarto é o ponto de unidade de uma grande frente ampla contra o fascismo na Capital, disse Francinet, ao defender o apoio a José Sarto. Para Anízio Melo, “o PCdoB vai ser uma grande trilha de resistência para impedir que o capitão de Brasília faça o capitão de Fortaleza”, disse, acrescentando que Sarto é o ponto de unidade de uma grande frente ampla contra o fascismo na Capital.

(*)com informações da assessoria de imprensa da campanha do PDT

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib