Empresário, engenheiro, músico, instrumentista, cantor, compositor, pesquisador, escritor e palestrante. Walmyr Castro, mais conhecido pelo seu icônico personagem Neopineo, é tudo isso e mais um pouco. Conhecido no País inteiro pelo talento, humor e simpatia, este legítimo cearense, que está na programação da Mostra Sesc de Culturas 2020, tem no seu currículo 13 CDs autorais, dois DVDs, participação em diversos programas de TV, além de já ter feito mais de 500 shows em todo País. Tudo isso como forma de enaltecer e valorizar a cultura nordestina para um público cada vez maior.   

 

Neopineo iniciou sua carreira artística em 1992, quando participou de um festival de humor promovido por um shopping center da capital cearense, apresentando-se com o nome de Zé Breguesso. Com aptidão para tocar gaita e violão, também começou a compor músicas nos mais diferentes estilos, como blues, rocks, baladas e forrós. Essa mistura deu tão certo que, em 1997, lançou o seu primeiro disco, "Os Forroleros e Bolerangos de Neopineo”, que, como o próprio costuma dizer, traz 12 músicas do melhor do forró abolerado, bolero atangaiado, tango axoxotado e xote abaianado. Isso, claro, sempre priorizando as verdadeiras raízes dos ritmos nordestinos.   

 

E já no álbum de estreia, Neopineo conquistou o Brasil com a canção “A Rural”, hoje verdadeira pérola do cancioneiro nordestino. Inspirada no universo árabe, mas sem abrir mão das referências nordestinas, a música caiu nas graças do público, que, em coro, aprendia a cantar o inesquecível “arrumamalaê, a rural rai arribá...”. Essa miscelânea de sons e ritmos também deu o tom do seu segundo disco, "Forrock Arabiense".    

 

Os ritmos universais estão sempre presentes no trabalho do engenheiro artista, mas ele faz questão de dizer que se considera um embaixador do forró. “Somos mais de 180 municípios praticantes do forró, somos detentores de suas matrizes tradicionais. Tenho me dedicado a estudar esse estilo tão nosso já há algum tempo. Esse é o meu trabalho, de contribuir para o resgate, a manutenção da nossa cultura e a divulgação de todas as matrizes tradicionais para o público de todas as idades”, diz, com orgulho.   

 

E é com esse mesmo orgulho e, de certa forma, com a missão de valorizar a cultura cearense que Neopineo vai fazer sua apresentação na Mostra Sesc de Culturas. O público poderá conferir a live-show “Humorzical Cearês” no dia 07 de novembro, às 21h, diretamente no Youtube do Sesc Ceará, e contará com a participação do sanfoneiro Zé do Norte. “Vamos fazer xote, coco, xaxado e baião. Vocês podem esperar o melhor e temos certeza que será maravilhoso”, finaliza Neopineo.    

 

“Se amostra pro mundo, Ceará!”  

 

De 01 a 08 de novembro, a Mostra Sesc de Culturas Digital acontece como culminância do Tudo em Casa Fecomércio, criado ainda no início do isolamento social como forma de contribuir com o bem-estar e o aprendizado do público, bem como apoiar os artistas locais durante esse período. De março até setembro, foram realizadas mais de 930 ações online, reunindo um público de mais de 488 mil pessoas. Dessa forma, a Mostra traz shows, apresentações teatrais, bate papo, ações formativas, exposições, visitas aos Mestres da Cultura, histórias de grupos de tradições.   

Além do Youtube e das redes sociais, a programação completa pode ser conferida no aplicativo “Mostra Sesc de Culturas”, disponível para Android e iOS.






Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib