O evento, realizado pelo Sebrae, terminou nesta quarta-feira (30), mas pode ser acessado online





O Cariri como destino turístico criativo foi debatido no último dia do Festival Nordestino de Economia Criativa e teve como palestrantes os secretários Arialdo Pinho (Turismo) e Fabiano Piúba (Cultura). O evento foi realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no Ceará e terminou nesta quarta-feira (30), mas segue disponível online.

“O Cariri tem um potencial incrível, principalmente para o público estrangeiro, que busca cultura. Por isso criamos a Rota Cariri, um roteiro para impulsionar o fluxo turístico na região”, destaca o secretário Arialdo Pinho. A Rota Cariri foi lançada em março deste ano, pouco antes da pandemia do Covid19 chegar ao Ceará.

A ideia é retomar a divulgação da região agora com o retorno do trabalho de promoção do Estado. “O turismo no mundo inteiro parou e estamos em um processo de retomada, que será lento e gradual. Este mês já estamos dobrando a quantidade de voos do mês passado. Mas a Rota do Cariri é a mais forte depois das praias. O artesanato de lá é belíssimo e tem muita força. Fora as belezas naturais, a cultura. Se a gente consegue desenvolver isso bem, a economia da região vai crescer”, completa o secretário do Turismo.

A Rota Cariri tem 55 pontos de seis municípios da região. Na lista, estão atrativos como a Estátua de Padre Cícero e o Centro Cultural Popular Mestre Noza, em Juazeiro do Norte; o Geopark Araripe e o Museu de História do Crato, no Crato; a Igreja de Nossa Senhora do Rosário e a Festa de Santo Antônio, em Barbalha; a Fundação Casa Grande e a oficina do Mestre Espedito Seleiro, em Nova Olinda; e a Fundação Memorial Patativa do Assaré e o Café da Mestre da Cultura Zenilda Ferreira, em Assaré. É um projeto da Setur, em parceria com a Secult e o Sebrae.

A região recebe anualmente 2,5 milhões de visitantes por ano, a maioria em busca do turismo religioso. “Nosso objetivo é aproveitar todos os atrativos do Cariri, tudo que a região tem pra oferecer. Principalmente para permitir que o turismo, especialmente o turismo cultural, mude a vida e a economia dessas cidades”, completa o secretário Fabiano Piúba.

Todo o conteúdo do Festival Nordestino de Economia Criativa pode ser acessado no canal do You Tube do Portal Sebrae Ceará.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib