Policiais também fizeram buscas na casa do prefeito, Dimitri Batista, em Lagoinha
Policiais da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE) amanheceram na porta da Prefeitura de Paraipaba
Por : Fernando Ribeiro
07/10/20 8:11

Policiais civis realizam desde o começo da manhã desta quarta-feira (7) uma megaoperação na cidade de Paraipaba, na Região Metropolitana de Fortaleza (a 115Km da Capital),  com o objetivo de cumprir diversos mandados judiciais de busca e apreensão numa investigação sobre o desvio de verbas públicas na Prefeitura do Município. Além da sede do Executivo Municipal outro alvo da ação policial é a residência do atual prefeito, Dimitri Batista (PSDB), no Distrito de Lagoinha, no Litoral.

A operação mobiliza equipes da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais da Polícia Civil (Core) e de várias delegacias distritais e especializadas da Capital, entre elas do 8º DP (José Walter). No total, são 11 equipes de inspetores e delegado no cumprimento das ordens judiciais para a colheita de provas. Documentos, computadores, celulares e outros objetos deverão ser apreendidos na operação.

O promotor de Justiça da Comarca de Paraipaba, Ariano Arlan Neves, acompanha o trabalho dos agentes da Segurança Pública no cumprimento dos mandados de busca e apreensão, assim como membros da Procuradoria de Combate aos Crimes Contra a Administração Pública (Procap).

Impedida

Durante a operação de devassa na contabilidade da Prefeitura, a secretária de Saúde do Município, Fátima Maria de Castro Romão, tentou entrar nas dependências do órgão, mas foi impedida pelos policiais.

Policiais também estiveram na residência do prefeito, Dimitri Batista, em Lagoinha
A secretária da Saúde do Município, Fátima de Castro, foi impedida pela Polícia de entrar na sede da Prefeitura, no começo da manhã

Perícias

O material recolhido pelos inspetores deverá ser entregue imediatamente à Justiça para análise do MP.  Se necessário, parte do material será encaminhada para análise também da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

Esta é a segunda vez que a Prefeitura de Paraipaba torna-se alvo de operação da Polícia Judiciária e do Ministério Público para fins de investigação sobre a gestão municipal.

O prefeito Dimitri Túlio é candidato à reeleição ao cargo mesmo sendo alvo de investigação do Ministério Público Estadual (MPE).

Colaborou: Ulisses Quintela/Rádio Plus de Paraipaba

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib