Como forma de evitar aglomerações nas seções eleitorais, no único dia de votação no Brasil, conforme o atual sistema que aponta o primeiro domingo de outubro para a escola de até seis candidatos, o deputado federal José Airton Cirilo (PT-CE) apresentou esta semana um projeto de lei, na Câmara Federal, que permite ao eleitor a escolha de seus candidatos, a partir da oficialização das candidaturas. O modelo já é colocado em prática nos Estados Unidos e em outros países.

De acordo com o parlamentar cearense, a antecipação do voto também evitaria imprevistos que ocorrem no único dia de votação no Brasil. A proposta também beneficiaria o eleitorado da terceira idade, que muitas vezes deixa de votar porque se sente intimidado pela natural demora da escola de até seis candidatos ao mesmo tempo, no caso da escolha de presidente da República, governador, senador, senador, deputado federal e deputado estadual.

José Airton também é autor do projeto de lei que proíbe que partidos políticos escolham candidatos "Ficha Suja". 


Eliomar de Lima 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib