A sessão de hoje do Supremo Tribunal Federal, que começa às 14h, será a última sob a presidência de Dias Toffoli. Luiz Fux tomará posse amanhã para dois anos de mandato.



                                 



Estão previstos julgamentos sobre o recolhimento do ICMS em São Paulo, outro sobre comercialização de testes psicológicos e um que discute se um candidato aprovado tem direito à nomeação após expirado o prazo de validade do concurso público.

Em 2007, foi indicado pelo então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, para o cargo de advogado-geral da União, permanecendo neste cargo até 2009, quando foi novamente indicado pelo próprio Lula como ministro do Supremo Tribunal Federal.

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib