Ocorre a partir desta segunda-feira (21), a 14ª edição da Primavera dos Museus, dedicada a apresentação de atividades virtuais por museus de todo o país. O evento é uma ação do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e, neste ano, tem o tema Mundo Digital: Museus em Transformação. Um dos destaques será feito pelo Museu Nacional do Rio de Janeiro, que deve apresentar o fóssil de nova espécie de dinossauro descoberta no Cariri, e que leva o nome da instituição.

“Com o isolamento social provocado pelo Covid-19, o tema propõe experimentar e produzir novas práticas de significado, de linguagens de armazenamento e de disseminação das informações de museus a fim de estimular museus a preservar, a investigar, a comunicar, a interpretar e a expor as coleções de valor histórico, artístico, científico, técnico e cultural, valendo-se das ferramentas digitais e da lógica das redes sociais”, explicou o Ibram, em comunicado.

O guia com a programação completa está disponível na página museus.gov.br. Durante toda a semana, 520 museus desenvolverão mais de 1,3 mil atividades das mais diversas categorias, como palestras, visitas virtuais mediadas, exibições de filmes, contações de histórias, exposições, shows musicais e rodas de conversa.

Aratasaurus museunacionali

A nova espécie de dinossauro, denominada Aratasaurus museunacionali, foi descoberta na Bacia do Araripe e anunciada pelo Museu Nacional do Rio de Janeiro no último mês de julho. O fóssil encontrado em 2008 na região do Cariri, estava em posse de pesquisadores no museu e, por sorte, não estava no prédio histórico do Museu Nacional, que foi consumido pelas chamas em 2018.

O dinossauro faz parte do grupo Coelurosauria, parente do já descoberto Santanaraptor placidus na formação Santana, e se assemelha com espécies ilustradas na franquia de filmes “Jurassic Park”.

Com informações da Agência Brasil

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib